Amarante - PI

Diego Teixeira proíbe corte de energia e água durante pandemia

A lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do dia 8 de abril e determina que as concessionárias estão proibidas de realizarem o corte no fornecimento de água e energia.

Bárbara Rodrigues
Teresina
13/04/2020 06h14 - atualizado 07h44

O prefeito de Amarante, Diego Lambartine Soares Teixeira, publicou lei municipal, de nº 989/2020, onde proíbe a suspensão de serviços básicos de fornecimento de água tratada e energia elétrica durante o período de pandemia do novo coronavírus.

A lei foi publicada no Diário Oficial dos Municípios do dia 8 de abril e determina que as concessionárias estão proibidas de realizarem o corte no fornecimento de água e energia por motivo de inadimplência pelo período inicial de 90 dias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Diego TeixeiraDiego Teixeira

O não cumprimento acarretará na aplicação de multa diária de R$ 2 mil, enquanto durar o descumprimento em relação a cada consumidor que for afetado pela decisão da concesisonária.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) também determinou a suspensão dos cortes no fornecimento de energia por falta de pagamento das contas de luz por 90 dias, A medida valerá para todos os consumidores residenciais e também para serviços essenciais – como unidades de saúde e hospitais, serviços de entrega de alimentos e metrô, por exemplo.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Justiça proíbe Equatorial Piauí de cortar energia de consumidores

Por coronavírus, Aneel suspende cortes de energia por três meses

Agespisa suspende cortes de água por 30 dias por conta do Covid-19