Teresina - PI

Dinheiro arrecadado na 23º Caminhada da Fraternidade é roubado

A informação foi confirmada pelo comandante do 5º Batalhão, major Iran Moura.

Débora Dayllin
Teresina
12/06/2018 14h44 - atualizado 16h32

Dois homens ainda não identificados abordaram um carro alugado que prestava serviços para a equipe de organização da Caminhada da Fraternidade e levaram parte do dinheiro arrecadado no evento que aconteceu no último domingo (10). A ação ocorreu na tarde desta terça-feira (12), em frente à agência do Banco do Brasil localizada na Avenida Jóquei Clube, zona leste de Teresina. A informação foi confirmada pelo comandante do 5º Batalhão, tenente-coronel Iran Moura.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Multidão para a 23ª Caminhada da FraternidadeMultidão para a 23ª Caminhada da Fraternidade

Segundo informações do dono da empresa que alugou o veículo para a Paróquia de Fátima, Cristiano Almeida, dois bandidos abordaram os funcionários da igreja que estavam dentro do carro para depositar o dinheiro arrecadado no banco. “A Irene, funcionária da paróquia, me repassou que estava chegando ao banco com o motorista quando entraram duas pessoas atrás no carro, pela porta de trás e mandaram eles seguirem no carro. Lá na frente, três ou quatro ruas depois, mandaram eles descerem, levaram o dinheiro mas eu não tenho noção de quanto foi levado”, revelou Cristiano.

  • Foto: Davi Fernandes/GP1Padre Tony Batista em entrevistaPadre Tony Batista em entrevista

O coordenador geral da Caminhada da Fraternidade e presidente da Ação Social Arquidiocesana (ASA), Padre Tony Batista, confirmou o ocorrido e informou que os funcionários da igreja estão bem. “Aconteceu realmente este assalto, mas graças a Deus a Irene e o Cassiano (motorista), estão bem, vão-se os anéis, ficam-se os dedos. Nós estamos abandonados, o Brasil está abandonado, tudo isso é culpa da corrupção, da ladroeira e as consequências são os pobres que sofrem. Serenidade, tranquilidade, Deus proverá, não é o assaltante que vai crescer, é a nossa fé e a nossa esperança. O trabalho foi feito”, afirmou o Padre.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Major IranTenente-Coronel Iran

De acordo com informações do comandante do 5º BPM, tenente-coronel Iran Moura, a Polícia Militar está realizando diligências a fim de localizar os suspeitos. “Nós já fomos até a agência do Banco do Brasil no Jóquei, solicitamos as imagens das câmeras de segurança, mas não conseguimos ver os suspeitos, apenas um carro branco, mas estamos em diligências para capturar esses homens. A Polícia Civil também está realizando investigações”, afirmou.

MAIS NA WEB