Ribeiro Gonçalves - PI

Discussão política termina com uma pessoa morta no interior do Piauí

De acordo com informações repassadas pelo soldado Erinaldo, do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Ribeiro Gonçalves, o fato ocorreu por volta de 01h30 da madrugada, na praça do bairro Vila Nova.

Thais Guimarães
Teresina
25/10/2020 18h17 - atualizado 26/10/2020 00h12

Um homem identificado como Samuel de Sousa Leal foi assassinado com um golpe de canivete, na madrugada deste domingo (25), no município de Ribeiro Gonçalves. Segundo a Polícia Militar do Piauí, o crime se deu por questões políticas, após uma carreata de um candidato da cidade.

De acordo com informações repassadas pelo soldado Erinaldo, do Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Ribeiro Gonçalves, o fato ocorreu por volta de 01h30 da madrugada, na praça do bairro Vila Nova.

O policial informou que o acusado do crime perguntou se Samuel era do 13 ou do 14, uma referência aos dois partidos políticos que disputam a prefeitura da cidade, e a vítima respondeu que era do 13, no que o indivíduo sacou um canivete e desferiu um golpe na virilha do rapaz.

“Houve uma carreata durante a noite e depois ocorreu algumas questões particulares. O rapaz estava na praça, teve a discussão, o homem perguntou se ele era 13 ou era 14, o rapaz que morreu falou que era 13, na hora que disse isso o outro abraçou ele e desferiu um golpe de canivete na virilha”, relatou o soldado.

Samuel Leal chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas acabou não resistindo ao ferimento. O policial informou ainda que ele não residia em Ribeiro Gonçalves, mas sim na cidade vizinha de Baixa Grande do Ribeiro. “Esse rapaz que faleceu mora em uma cidade próxima de Ribeiro Gonçalves, ele mora em Baixa Grande do Ribeiro”, afirmou.

O acusado do crime fugiu e ainda não foi localizado. A polícia segue em diligências a fim de captura-lo.