Teresina - PI

Dona da Carreira RH está entre os presos na Operação Topique

A ação policial desarticulou uma organização criminosa acusada de ser responsável por fraudes em licitações para prestação de serviços de transporte escolar.

Brunno Suênio
Teresina
04/08/2018 12h08 - atualizado 12h09

Uma das sócias da empresa Carreira RH, Lívia de Oliveira Saraiva, especializada no recrutamento, seleção e treinamento de profissionais, está entre as 23 pessoas que foram presas na Operação Topique, deflagrada na última quinta-feira (02). A ação policial desarticulou uma organização criminosa acusada de ser responsável por fraudes em licitações para prestação de serviços de transporte escolar.

Inicialmente, a Polícia Federal apurou que as fraudes causaram um prejuízo de aproximadamente R$ 120 milhões aos cofres públicos, mas os valores podem ser bem maiores.

O esquema envolveu, além de empresários, dois servidores da Secretaria de Estado da Educação, onde a Polícia Federal realizou buscas e apreendeu computadores durante toda a manhã de quinta-feira.

Dois dias depois da ação policial, o juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, decidiu pela manutenção das prisões de 22 dos 23 alvos da Operação Topique, durante audiência de custódia. Apenas Nara Loyse Marques foi liberada.