Política

Donald Trump aciona Justiça para tentar barrar resultado de eleição nos EUA

Os republicanos alegam que houve uma série de “irregularidades” nos votos por correio na região de Detroit e citam um defeito em um programa utilizado no condado de Antrim.

Por  Estadão Conteúdo
11/11/2020 16h18 - atualizado 16h21

A campanha à reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, protocolou ação judicial para tentar impedir que o Michigan certifique os resultados da eleição presidencial.

Os republicanos alegam que houve uma série de “irregularidades” nos votos por correio na região de Detroit e citam um defeito em um programa utilizado no condado de Antrim.

O candidato do Partido Democrata, Joe Biden, foi declarado pela imprensa americana como vencedor dos 16 delegados distribuídos no Estado. Segundo a Associated Press, com 99% das cédulas apuradas, o ex-vice-presidente tinha 50,6% dos votos, ante 47,9% – uma diferença de cerca de 146 mil votos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Trump diz que mídia não pode indicar quem será o próximo presidente

Trump diz que venceu 'nos votos legais' e democratas 'tentam roubar eleições'

Mais conteúdo sobre: