Teresina - PI

Dudu diz que votação interna deve definir candidato do PT em Teresina

"Se não tiver afunilamento dos quatro nomes para um, o PT tem um instrumento chamado prévia", disse o vereador.

Germana Chaves
Teresina
21/09/2019 12h24 - atualizado 12h53

O vereador de Teresina Dudu Borges do PT disse durante entrevista ao GP1, neste sábado (21), que se o partido não entrar em consenso entre os quatro nomes que se propõem a disputar o Palácio da Cidade a solução será realização de prévias para chegar a um denominador.

Atualmente quatro pré-candidatos estão com os nomes postos: os deputados Franzé Silva e Fábio Novo, Júnior do MP3 e o ex-secretário de Justiça, Daniel Oliveira.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Vereador Dudu Vereador Dudu

“Pelo contrário, eu acho que os quatro nomes colocados são fortes. Eu tenho defendido candidatura própria. Eu entendendo que para o PT se fortalecer para 2022 ele precisa ter candidatura própria. Se não tiver afunilamento dos quatro nomes para um, o PT tem um instrumento chamado prévia. E nas prévias, quem vencer vai encabeçar o projeto que eu acredito que será vitorioso em 2020. O PT não pode abrir da candidatura própria”, disse Dudu.

Fortalecimento

O vereador da Capital disse ainda que um nome majoritário acaba fortalecendo a chapa de vereadores do partido para o ano que vem. “Um candidato próprio vai permitir que a gente eleja de quatro a cinco vereadores. Mostra robustez. Temos quatro bons nomes”, ponderou o petista.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Dudu diz que Wellington não autorizou Assis a debater futuro do PT

Dudu recua e decide apoiar Daniel Oliveira como candidato do PT