Teresina - PI

Edson Melo critica reunião entre Charles da Silveira e vereadores

"(...) esse processo de escolha do candidato apoiado pela base do prefeito Firmino Filho é comandado pelo próprio prefeito (...) e eu acho que esse tipo de reunião não leva a nada”, criticou.

Wanessa Gommes
Teresina
Germana Chaves
Teresina
03/07/2019 17h36 - atualizado 18h21

Nesta quarta-feira (03), o vereador Edson Melo (PSDB) teceu críticas à reunião que aconteceu, na última sexta-feira (28), entre o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles da Silveira, e parte dos vereadores da base aliada do prefeito Firmino Filho.

No encontro, Charles recebeu uma espécie de apoio prévio dos vereadores para uma eventual disputa majoritária nas eleições do próximo ano. “Eu não compareci e nem comparecei a esse tipo de reunião para nenhum dos prováveis candidatos”, garantiu o vereador.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Edson MeloEdson Melo

Para o parlamentar, houve uma precipitação por parte dos vereadores pois, segundo ele, o processo de escolha é comandado pelo próprio prefeito. “De certa forma tem uma precipitação. Com todo respeito e admiração que eu tenho pelo professor Charles Silveira, até porque é um técnico, gestor competente, bastante entrosado com os vereadores de Teresina, mas eu acredito que esse processo de escolha do candidato apoiado pela base do prefeito Firmino Filho é comandado pelo próprio prefeito e quem faz a agenda, quem traça as estratégias é o próprio prefeito e eu acho que esse tipo de reunião não leva a nada”, criticou.

Melo disse que o nome de Charles é muito forte, mas lembrou que existem outras opções e que não há nenhuma definição ainda. “Eu acho que o nome dele é muito forte, é um bom candidato. O professor Charles tem competência para ser prefeito de Teresina, mas nós temos outras opções e não existe ainda uma escolha, um direcionamento para certa escolha, ele pode vir a ser candidato como pode não vir. Nós temos outras opções”, enfatizou.

Questionado sobre a fala do deputado Marden Menezes que disse que o candidato deve ter apoio popular, o que Charles não tem, Edson respondeu que isso não é problema para o prefeito. “Firmino é especialista nisso. Inclusive, quando ele lançou a candidatura do ex-prefeito Sílvio Mendes, foi lançada por ele, ele não tinha apoio popular nenhum, tinha 2% nas pesquisas e ganhou a eleição. Então, isso aí é uma avaliação que quem entende de política deve fazer e avaliado em pesquisas não só quantitativas, mas qualitativas e dentro de um perfil adequado a gestão pública bem sucedida que o PSDB tem em Teresina”, declarou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Vereadores querem Charles da Silveira como candidato a prefeito

Flávio Júnior diz que PDT apoia candidatura de Charles da Silveira

Charles da Silveira descarta concorrer à prefeitura em 2020