Piauí

Eleição da OAB Secção Piauí tem movimentação intensa em Teresina

A movimentação na sede da instituição já é grande. Em Teresina mais de 7 mil advogados estão aptos a votar, no total são mais de 9 mil.

Wanessa Gommes
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
24/11/2018 10h34 - atualizado 11h11

Eleição para presidente da OAB do Piauí

A votação que vai escolher o novo presidente da OAB-PI (Ordem dos Advogados do Brasil Secção Piauí) teve início às 9 horas e segue até às 17 horas. Três chapas estão na disputa: Chapa 01, encabeçada por Lucas Villa, Chapa 02 do candidato Carlos Henrique e chapa 04, de Celso Barros Neto. A movimentação na sede da instituição já é intensa. Em Teresina mais de 7 mil advogados estão aptos a votar, no total são mais de 9 mil.

Carlos Henrique falou das expectativas para essa eleição e disse acreditar na vitória: “São as melhores possíveis, conseguimos demonstrar que a advocacia tem que está em primeiro lugar, que nós representamos a maioria da advocacia do Piauí e por isso sairemos vitoriosos. Essa é a esperança da chapa 02, um rumo novo pra OAB do Piauí, um rumo em que a advocacia seja colocada em primeiro lugar”, afirmou.

Chico Lucas, atual presidente da OAB-PI e apoiador de Lucas Villa, declarou que está confiante e que o trabalho dele à frente da instituição está sendo reconhecido: “Tenho certeza que o Lucas vai representar muito bem a advocacia piauiense”, completou.

Lucas Villa destacou a campanha: "Nós estamos muito otimistas, muito animados com a receptividade que tivemos na nossa campanha, com os advogados que estão se fazendo presentes aqui e aguardamos o resultado das urnas, mas estamos muito confiantes", declarou.

Celso Barros Neto falou do apoio da Geórgia Nunes, que desistiu da disputa: “Nós estamos num movimento cívico de eleição da OAB e nós temos certeza que a nossa chapa Independência da OAB agora com a união da chapa Reage OAB vai ser a chapa vencedora nesse pleito”, garantiu.

Geórgia explicou que a sua decisão foi bem aceita: “Nós temos recebido muitas mensagens de apoiamento, de concordância com a nossa decisão, nós já tivemos a ampla concordância do nosso grupo, mas depois da nossa união com a chapa 04, as pessoas voltaram a acreditar, principalmente, na nossa vitória. Unidos a oposição irá vencer e a vontade da maioria da advocacia irá prevalecer”.

A advogada confirmou ainda que é candidata a Conselheira Federal Titular na chapa de Celso Barros: “Eu já estou registrada como Conselheira Federal, assim nós garantiremos o cumprimento de todas as propostas e da nossa mensagem que foi divulgada durante todo o período da nossa campanha”.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Eleições para presidência da OAB-PI acontecem neste sábado

Geórgia Nunes desiste da disputa pela presidência da OAB-PI

Advocacia piauiense elegerá novos representantes da OAB no sábado