Teresina - PI

Empresa Grande Moinho Cearense vai gerar 200 empregos, diz Firmino

A previsão é que a empresa passe a operar a partir do mês de janeiro de 2021 no Polo Empresarial Sul.

Brunno Suênio
Teresina
Germana Chaves
Teresina
17/11/2020 17h15 - atualizado 17h15

Ciro Nogueira visitando as instalações da empresa Moinho Cearense

O prefeito de Teresina, Firmino Filho, visitou as obras de instalação da empresa Grande Moinho Cearense, no Polo Empresarial Sul, no início da tarde desta terça-feira (17), acompanhado do senador Ciro Nogueira.

Na ocasião, o chefe do executivo municipal afirmou que a previsão é que em janeiro de 2021 a empresa esteja em pleno funcionamento, empregando 200 funcionários, no momento de crise econômica provocada em função da pandemia de covid-19.

“Todos nós sofremos com a covid-19 e suas consequências sobre a economia. Então nós estamos lutando para recuperar nossa economia, trabalhando com quase R$ 1 bilhão em obras que vão gerar 40 mil empregos, estamos abrindo diálogo com a construção civil para que haja maior dinamismo nesse mercado de trabalho, fortalecendo o microcrédito e, não menos importante, temos a chegada desse grupo empresarial, que é um desafio que o Estado tem há muitos anos e, graças a Deus, está sendo resolvido agora. Vamos ter essa inauguração em janeiro, gerando de forma direta e indireta 200 postos de trabalho. Então é um momento simbólico para nós, no meio de toda essa crise, termos um investimento significativo na nossa cidade de Teresina”, pontuou.

Ciro Nogueira ressaltou que a chegada da empresa Grande Moinho Cearense faz parte do processo de atração de novos investimentos para Teresina e no Piauí e criação de novos postos de trabalho.

“É fundamental para o nosso estado, principalmente, nesse momento que nós nos encontramos, de retomada econômica, a confiança de um dos maiores grupos do país no nosso estado e isso representa muito, até como exemplo de outros tipos de empreendimentos como esses que nós queremos atrair para o Piauí. Para isso é fundamental nós termos capacidade de atrair investimentos e diálogo com o empresariado. Nós só temos que agradecer a confiança desse grupo empresarial, representado aqui pelo dona Maria, e eu tenho certeza que será um empreendimento de negócios, em um primeiro momento, atendendo ao estado do Piauí como um todo, e depois o estado do Maranhão”, destacou Ciro.

Mais conteúdo sobre: