Boa Hora - PI

Empresário agride esposa e a mantém em cárcere privado em Boa Hora

De acordo com o Delegado Everton Férrer, a polícia tomou conhecimento do fato através de denúncias pelo aplicativo Salve Maria.

Débora Dayllin
Teresina
02/01/2018 18h07 - atualizado 18h31

Um empresário foi preso em flagrante na última quarta-feira (27), acusado de espancar e manter a companheira em cárcere privado por cerca de cinco dias, no município de Boa Hora, a 109 quilômetros da capital.

De acordo com gerente de policiamento do interior, delegado Everton Férrer, a polícia tomou conhecimento do fato através de denúncias pelo aplicativo "Salve Maria", que funciona como canal de denúncias de violência doméstica contra a mulher.

  • Foto: Laura Moura/GP1Delegado Everton FerrerDelegado Everton Ferrer

“O fato ocorreu dia 27 de dezembro, chegou uma denúncia através do Salve Maria, a delegada Ana Melka recebeu essa denúncia, ela me ligou e repassamos o caso para o delegado Renato Pinheiros de Barras. Prontamente, ele foi ao local constatar o fato que foi narrado no aplicativo. Chegando lá ele encontrou a mulher bastante machucada na região dos olhos, que estavam bem inchados, e aparentemente ela estava há dias sem poder sair da casa, o empresário lá, do ramo de motocicletas, foi preso na mesma hora”, relatou o delegado.

Ainda segundo o delegado Everton, o empresário, que não foi identificado, foi encaminhado para a delegacia de Barras, onde está preso preventivamente. “Inclusive não é a primeira denúncia contra ele, em março foi feita uma queixa também por violência contra a mulher e contra a mesma vítima, da outra vez ele não foi preso”.

A Polícia Civil solicitou exames para definir o grau das lesões da vítima, para poder definir a que tipo de crime o empresário responderá, “o delegado Renato solicitou uma tomografia, e outros exames, para saber se as lesões são permanentes ou não, ou seja se foi lesão corporal grave ou gravíssima”, encerrou Everton Ferrer.

Mais conteúdo sobre: