Teresina - PI

Empresário é preso após tentar subornar policiais em Teresina

A Cepisa estava realizando uma operação contra furto de energia e fez uma fiscalização no estabelecimento “Sabor da Carne”. No local foi constatado um “gato de energia”.

Bárbara Rodrigues
Teresina
01/12/2018 09h04 - atualizado 09h49

O empresário Wilson Francisco de Gois Veloso, de 31 anos, dono do frigorífico “Sabor da Carne”, localizado no bairro Promorar na zona sul de Teresina, foi preso na sexta-feira (30) por furto de energia e por tentar subornar policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco).

Segundo informações do delegado Laércio Evangelista, do Greco, a Cepisa estava realizando uma operação contra furto de energia e fez uma fiscalização no estabelecimento “Sabor da Carne”. No local foi constatado um “gato de energia”, através de uma derivação ligada direto da rede pública.

O Greco foi então acionado e quando os policiais chegaram ao local o empresário tentou subornar eles. Wilson chegou a colocar R$ 200 no bloco de intimações dos policiais civis, que deram ordem de prisão. Toda a ação foi filmada.

“Na região do bairro Promorar, durante uma inspeção no frigorífico, foi constatado um desvio de energia, com um fio saindo da rede pública para abastecer o frigorífico e a residência do empresário. Após constatado o crime, foram acionados policiais do Greco e ele tentou suborná-los, oferece carne, whisky e dinheiro. Na verdade ele acabou colocando dinheiro no bloco de intimações e os policiais imediatamente deram voz de prisão. Ele ainda tá preso e foi encaminhado para audiência de Custódia”, disse o delegado.

Mais conteúdo sobre: