Teresina - PI

Empresários são presos pelo GRECO acusados de receptação em Teresina

As prisões ocorreram durante operação da Polícia Civil do Piaui com o objetivo de apreender cargas roubadas no estado do Maranhão.

Jeyson Moraes
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
24/06/2020 11h00 - atualizado 12h37

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, prendeu quatro empresários na manhã desta quarta-feira (24), durante cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão nas zonas norte e leste de Teresina.

Segundo o delegado Tales Gomes, coordenador do Greco, a operação deflagrada nesta manhã visava apreender uma carga que havia sido roubada no estado do Maranhão. Quatro empresários acabaram sendo presos durante a ação da polícia, acusados de receptação qualificada.

  • Foto: Divulgação/PC-PIEquipes do CORE deram apoio ao GRECOEquipes do CORE deram apoio ao GRECO

“Foram apreendidas centenas de fardos de arroz e feijão além de centenas de caixas de óleo vegetal. As cargas foram roubadas nas cidades de Grajaú e Jenipapo dos Vieiras, no estado do Maranhão, na semana passada, sendo a carga de arroz e feijão avaliada em 130 mil reais e a carga de óleo em 150 mil reais”, explicou o delegado Tales Gomes.

  • Foto: Divulgação/PC-PIGRECO deflagrou a operação na zona norte da CapitalGRECO deflagrou a operação na zona norte da Capital

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Santa Sofia, Mocambinho e Santa Maria da Codipi, todos na zona norte de Teresina, e ainda na zona leste. Os empresários foram presos e autuados por receptação qualificada por conta da guarda e venda de carga roubada.

Mais conteúdo sobre: