Entretenimento

"Eu não apoio o Bolsonaro", afirma Nego do Borel após polêmica

O cantor Nego do Borel se pronunciou após a polêmica que seu clipe Me Solta causou nas redes sociais.

Por  Estadão Conteúdo
10/07/2018 21h09 - atualizado 21h13

O cantor Nego do Borel se pronunciou após a polêmica que seu clipe Me Solta causou nas redes sociais, afirmando que tem recebido "muitos elogios" e "acompanhado as críticas de perto". Ele também fez questão de afastar seu nome de um suposto apoio a Bolsonaro, político com quem aparece em foto que voltou à tona nas redes sociais nesta terça-feira, 10.

No clipe, Nego aparece caracterizado como a personagem Nega da Borelli, de bolsa, sapato de salto alto e chega a beijar um homem em determinado momento.

  • Foto: Reprodução/ YouTubeNego do Borel causa polêmica ao beijar modelo em clipeNego do Borel causa polêmica ao beijar modelo em clipe

A produção gerou inúmeras críticas por parte da comunidade LGBT, que acusou o funkeiro de 'oportunismo' com a causa. Muitos publicaram uma foto antiga em que Nego aparece ao lado do deputado federal Jair Bolsonaro.

"Eu não apoio o Bolsonaro. Esta foto foi tirada num jantar que eu estava também, a pedido do filho dele. Não costumo negar tirar fotos com ninguém", justificou o cantor, por meio de sua assessoria de imprensa.

"Quando eu decidi fazer esse clipe, sabia que poderia ser algo polêmico, mas fui em frente. A Nega da Borelli é uma personagem que, pra mim, representa a liberdade de ser quem eu sou. Recebi muitos elogios pelo clipe e tenho acompanhado as críticas de perto porque acho que eu e todo mundo temos muito ainda a aprender com esse tema", concluiu.

Mais conteúdo sobre:

MAIS NA WEB