Teresina - PI

Evandro Costa tem audição comprometida por tempo indeterminado

Evandro continua com uma bala alojada nas proximidades do ouvido. O cantor teve o carro alvejado durante uma ação da Polícia Militar.

Andressa Martins
Teresina
01/01/2018 16h07 - atualizado 16h15

Após ter recebido alta do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), o cantor sertanejo Evandro Costa, baleado durante uma abordagem da Polícia Militar, segue com a bala alojada nas proximidades do ouvido. Por conta do projétil, Evandro está com a audição comprometida temporariamente.

  • Foto: Facebook/Evandro CostaEvandro CostaEvandro Costa

“Ele tá bem, ele tá em casa. Só não está ouvindo de um dos ouvidos. Só está ouvindo de um lado. O médico disse que é temporário, porque foi ocasionado pelo impacto da bala, mas que aos poucos ele ia começar a ouvir normalmente”, afirmou Dayanne Caetano, esposa do cantor.

Apesar de ser temporário, ainda não há previsão para que Evandro volte às suas atividades como músico. “No momento ele não vai cantar. Não vai fazer show tão cedo. Não tem nem previsão para começar a cantar”, continuou Dayanne.

Às 19h desta segunda-feira (1) haverá um culto na casa do sogro de Evandro. Hoje completam-se 7 dias que Emilly faleceu vítima de dois disparos.

Entenda o caso

Emilly Caetano da Costa, de 9 anos, morreu ao ser atingida com dois tiros durante uma abordagem da Polícia Militar na avenida João XXIII, localizada na zona leste de Teresina, na noite desta segunda-feira (25). A criança, juntamente com os pais e duas irmãs, estavam em um veículo modelo Renault Clio.

  • Foto: Facebook/Dayanne EvandroEmíle foi morta durante abordagem policial Emíle foi morta durante abordagem policial

Evandro Costa e Dayanne Costa, pais de Emíle, também foram baleados dentro do carro. Evandro encontra-se internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), em estado estável. Os dois policias, Aldo Luís Barbosa Dornel e Francisco Venício Alves, que participaram da ação estão presos no presídio militar.

Mais conteúdo sobre: