Teresina - PI

Ex-cabo da Marinha nega ter efetuado disparo que matou servidor da Semcaspi

Lourival Bezerra é acusado de matar Luciano da Silva Oliveira, de 41 anos, com um tiro no peito no fim da tarde deste domingo (16).

Nayrana Meireles
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
17/02/2020 10h32 - atualizado 16h25

A defesa do ex-cabo da Marinha Lourival Bezerra Lima dos Santos negou na manhã desta segunda-feira (17), que ele tenha efetuado o disparo que matou o servidor da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Luciano da Silva Oliveira, de 41 anos.

Segundo o advogado José Cardoso Júnior, Lourival deve se apresentar nos próximos dias à polícia para esclarecer os fatos. “Eu conversei com o delegado Barêtta para que a gente tivesse acesso a algumas informações. Até o momento as informações estão desencontradas, pelo menos três versões já apareceram, por isso meu ciente deve se apresentar nos próximos dias”, ressaltou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1José Cardoso JúniorJosé Cardoso Júnior

Ainda de acordo com o advogado, Lourival negou categoricamente ter efetuado o disparo que matou Luciano. “Ele nega categoricamente que tenha efetuado o disparo. Ainda não tive acesso a dinâmica do crime, mas creio que a verdade vai prevalecer”, completou.

A arma de Lourival, uma pistola 9mm, foi encontrada próximo ao corpo de Luciano da Silva Oliveira, que foi morto com um tiro no peito.

Entenda o caso

Um funcionário da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), identificado como Luciano da Silva Oliveira, de 41 anos, foi assassinado a tiros na tarde deste domingo (16), por volta de 17h, no bairro Matinha, zona norte de Teresina.

  • Foto: Reprodução/WhatsAppLuciano da Silva OliveiraLuciano da Silva Oliveira

Segundo informações do major Bezerra, do Batalhão de Rondas Ostensivas de Natureza Especial (BPRONE), o acusado, que seria um integrante da tropa dos fuzileiros navais, estava bebendo junto com a vítima em um bar, quando, por motivo desconhecido, efetuou dois disparos de arma de fogo contra Luciano. Ele foi atingido na região do peito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda chegou a ser acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do crime.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Acusado de assassinar funcionário da Semcaspi é ex-cabo da Marinha

Semcaspi lança nota lamentando a morte de servidor na Matinha

Funcionário da Semcaspi é morto a tiros em bar na zona norte de Teresina