Brasil

Ex-presidente Lula diz ao PT que vai ao julgamento no TRF4

Ex-presidente comunicou a dirigentes do partido que vai a Porto Alegre acompanhar decisão da Corte de 2ª instância, que poderá torná-lo inelegível.

Nayrana Meireles
Teresina
04/01/2018 15h02 - atualizado 15h38

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comunicou a dirigentes do PT que vai comparecer ao julgamento que pode torná-lo inelegível, no Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4), dia 24, em Porto Alegre (RS).

De acordo com informações doEstadão, a direção do partido já se prepara para um grande ato de recepção ao ex-presidente no próprio dia 24, na volta a São Paulo. No dia seguinte, a Executiva Nacional do PT faz uma reunião ampliada para reafirmar a candidatura do ex-presidente, seja qual for o resultado do julgamento.

  • Foto: Paulo Lopes/Futura Press/Estadão ConteúdoLulaLula

Lula foi condenado, em primeira instância, a 9 anos e 6 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex do Guarujá. Se a condenação for confirmada, Lula pode ser impedido de disputar a eleição presidencial.

O ato de recepção em São Paulo deve ser o ponto alto das mobilizações organizadas pelo PT e movimentos sociais que defendem o direito de o ex-presidente ser candidato. Além da recepção, o PT prepara uma onda de eventos que começa no dia 13, com um “dia nacional de mobilização” e vai até o dia seguinte ao julgamento. Lula lidera as pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República em 2018.