Eleições 2020

Fábio Abreu busca aliança com João Vicente Claudino e Evaldo Gomes

Fábio Abreu ainda não oficializou a sua pré-candidatura na disputa pela prefeitura, mas o PL já deixou claro que pretende lançar o nome do secretário.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
13/01/2020 20h03 - atualizado 20h28

O secretário de Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu (PL), revelou nessa segunda-feira (13) que tem buscado uma aliança com o ex-senador João Vicente Claudino (PTB) e com o Solidariedade, que é comandado pelo deputado estadual Evaldo Gomes.

Fábio Abreu ainda não oficializou a sua pré-candidatura na disputa pela prefeitura, mas o PL já deixou claro que pretende lançar o nome do secretário. Fábio Abreu inclusive já tem conversado com algumas legendas e revelou que busca aliança com João Vicente Claudino e o Solidariedade.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Fábio AbreuFábio Abreu

“Temos muito interesse em buscar parceria com o João Vicente, com o Solidariedade, com partidos menores, então vamos buscar esses partidos para formar um grupo ideal, esperamos formar um grande grupo”, revelou.

O secretário disse que a legenda busca formar uma chapa forte e competitiva para a eleição deste ano. “Olha, temos buscado mostrar que uma candidatura do PL é viável e buscando partidos para compor conosco, temos várias outras alternativas, não só a vice como único motivo para trazer um partido”, destacou.

No dia 22 de janeiro, a pré-candidatura de Fábio Abreu pode ser oficializada, mas ele aguarda um encontro com a executiva nacional para confirmar o lançamento do seu nome. “No dia 22 estamos vamos estar apresentando o nome do partido. Com toda a certeza, tendo essa indicação [do meu nome] vamos estar trabalhando para que primeiro se fortaleça o grupo do partido, de quem deseja caminhar conosco nesse período e consequentemente apresentar esse plano, porque também há reuniões, e conversas para apresentar propostas reais para o município de Teresina”, afirmou.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Fábio Abreu vai se reunir com Executiva do PL para definir candidatura

Credibilidade: Dr. Pessoa 32,62%; Fábio Abreu 23,88% e Fábio Novo 11,12%

Instituto GP1: Dr. Pessoa 33,7%; Fábio Abreu 17,8% e Sílvio Mendes 15,4%