Teresina - PI

Filho de PM é preso suspeito de fazer assaltos na Santa Maria da Codipi

Com ele e outro homem de 30 anos foram encontradas uma pistola calibre .380 com sete munições, além de dois celulares e uma motocicleta.

Brunno Suênio
Teresina
07/10/2020 08h20 - atualizado 08h30

O filho de um policial militar foi preso nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (07), juntamente com um comparsa, suspeito de realizar arrastões na Avenida Poti Velho, na Santa Maria da Codipi. Com a dupla, foi encontrada uma pistola calibre .380 com sete munições e dois celulares.

De acordo com o comandante da Força Tática do 13º Batalhão da Polícia Militar, tenente Elivaldo Moraes, os policiais do motopatrulhamento tática estavam em rondas na Avenida Poti Velho, para coibir assaltos a pessoas nas paradas de ônibus, quando se depararam com a dupla em uma motocicleta com a placa de identificação amassada.

  • Foto: Divulgação/PM-PIPistola, munições, carregadores e celulares apreendidosPistola, munições, carregadores e celulares apreendidos

“Nós estamos reforçando o policiamento nas paradas de ônibus e, por volta de 7h10, os policiais de motopatrulhamento tático fizeram a abordagem e pediram o nosso apoio. Nós encontramos como eles uma PT 765 calibre .380, 02 carregadores, 07 cartuchos intactos e dois celulares”, contou o tenente Elivaldo Moraes.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Tenente Elivaldo da Polícia MilitarTenente Elivaldo Moraes, do 13º Batalhão da Polícia Militar

A motocicleta modelo Honda, que estava com a placa amassada (ODU-3157) com a finalidade de dificultar a identificação por parte das vítimas também foi apreendida e será encaminhada com o restante do material para a Central de Flagrantes de Teresina.

  • Foto: Divulgação/PM-PIMotocicleta com a placa amassadaMotocicleta com a placa amassada

Ainda conforme o tenente Elivaldo Moraes, os dois suspeitos de iniciais D. F de S, de 26 anos, e R de S. L, de 30 anos, são suspeitos de realizar vários assaltos na região da Grande Santa Maria, principalmente, nas primeiras horas do dia tendo como alvos pessoas que estão indo ao trabalho.

Mais conteúdo sobre: