Teresina - PI

Firmino Filho decreta ponto facultativo no Carnaval em Teresina

De acordo com Decreto Nº 19.456. Os serviços públicos considerados essenciais e de interesse público, como saúde (hospitais), limpeza pública e fiscalização de trânsito estão excluídos do decreto.

Davi Fernandes
Teresina
20/02/2020 17h10 - atualizado 21/02/2020 20h09

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB-PI) decretou nesta quinta-feira (20), que será ponto facultativo nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro, no feriado de Carnaval.

De acordo com Decreto Nº 19.456, os serviços públicos considerados essenciais e de interesse público, como saúde (hospitais), limpeza pública e fiscalização de trânsito estão excluídos do decreto. O documento ressalta que os serviços essenciais deverão ser realizados normalmente.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Firmino Filho Firmino Filho

“Em especial aqueles, no âmbito da Fundação Municipal de Saúde – FMS, com servidores que trabalham em regime de plantão, nos estabelecimentos de saúde envolvidos em campanhas de vacinação e nos estabelecimentos de saúde que prestam serviços 24h por dia, bem como os serviços prestados pelos agentes de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito – STRANS”, destacou.

Transporte público

A frota de ônibus em Teresina sofrerá redução no período do feriado de Carnaval entre os dias 23 e 26 de fevereiro. De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), somente 50% do número total de coletivos estarão operando até o fim da manhã da quarta-feira de cinzas.

Segundo a Strans, nesta quinta-feira (20), o planejamento da pasta definiu que as mudanças seguem até a manhã da quarta-feira de cinzas e as operações serão semelhantes aos horários de um sábado. Já na parte da tarde do ia 26, quando os bancos, os comércios e shoppings reabrirem normalmente, a operação volta ao modo convencional.

Ainda conforme o Planejamento da Strans, mesmo a frota estando reduzida nos dias 24 e 25 deste mês, o número de passageiros esperado poderá ser 30% inferior aos domingos convencionais.

Mais conteúdo sobre: