Teresina - PI

Fiscal baleado em tentativa de assalto em Teresina morre no HUT

Ele deu entrada no Hospital de Urgência de Teresina ainda na manhã de ontem, mas não resistiu aos ferimentos.

Brunno Suênio
Teresina
26/06/2020 08h11 - atualizado 08h45

O fiscal da empresa CTA, identificado como Francisco Jackson da Silva Araújo, 32 anos, que havia sido baleado no peito em uma tentativa de assalto, próximo ao Cemitério São José, zona norte de Teresina, morreu na noite dessa quinta-feira (25) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Ele deu entrada no HUT ainda na manhã de ontem, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do fiscal chegou ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina 1h da madrugada desta sexta-feira (26).

Francisco Jackson estava sentado na Rua Alcides Freitas, atrás do Cemitério São José, no bairro Mafuá, quando foi abordado por dois suspeitos em uma motocicleta. Um dos bandidos anunciou o assalto para roubar o celular da vítima, que se levantou para entregar o aparelho, mas acabou sendo baleado no peito.

  • Foto: Reprodução/InstagramFrancisco Jackson da Silva AraújoFrancisco Jackson da Silva Araújo

Em entrevista ao GP1, o 2º tenente Eycon Almeida, CPU do 1º Batalhão da Polícia Militar, afirmou que os profissionais do Samu chegaram rapidamente para atender Francisco Jackson, que ainda estava consciente, enquanto a PM colhia dados com populares que presenciaram o crime.

“A nossa viatura chegou ao local, fez a contenção para que a vítima fosse socorrida pelo Samu e logo em seguida ela foi levada ao HUT. A gente trabalha com a hipótese que duas pessoas tenham participado. Ao que parece, Francisco Jackson teve uma reação e os suspeitos dispararam”, pontuou o policial.

Até o momento, ainda não há informações que possam levar às identificações do suspeito. O caso agora passará a ser investigado pelos policiais do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa – DHPP.

Mais conteúdo sobre: