Floriano - PI

Funcionário da Caixa vira réu por desviar quase R$ 1 milhão no Piauí

A decisão do juiz federal Brunno Christiano Carvalho Cardoso, da Vara Única de Floriano, foi dada no dia 29 de agosto deste ano.

Wanessa Gommes
Teresina
13/09/2018 21h21 - atualizado 17/09/2018 10h03
  • Foto: FacebookKacio dos Santos RochaKacio dos Santos Rocha

O juiz federal Brunno Christiano Carvalho Cardoso, da Vara Única de Floriano, recebeu denúncia contra o funcionário da Caixa Econômica Federal, Kacio dos Santos Rocha, acusado de desviar quase R$ 1 milhão. Ele foi denunciado pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público). A decisão é de 29 de agosto deste ano.

Segundo denúncia do Ministério Público Federal, Kacio, nos dias 30/11/2016 e 02/12/2016, após realizar a devida movimentação financeira de valores no sistema bancária interno, para que fossem depositados nos terminais de autoatendimento da Caixa Econômica Federal não os depositou.

Consta ainda que nos mesmos dias já citados, Kacio realizou a coleta de valores contidos nas referidas máquinas de autoatendimento, sem efetuar o devido repasse ao banco destinatários. Tais condutas teria gerado dano financeiro no valor histórico de R$ 952.465,00.

O magistrado destacou que foi constatado que há suporte probatório mínimo à acusação consistente em indícios razoáveis de materialidade e autoria.

“Chama atenção ainda a possibilidade de utilização de unidades lotéricas e contas em nomes de parentes com o fim de supostamente maquiar as movimentações em tese lícitas”, afirmou o juiz que recebeu a denúncia e determinou a citação do acusado para que, no prazo de 10 dias, apresente defesa.

Kacio é atualmente diretor administrativo/financeiro da APCEF (Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal).

Outro lado

Procurado, Kacio dos Santos não foi localizado pelo GP1.

MAIS NA WEB