Teresina - PI

Georgiano Neto confirma encontro de Sílvio Mendes com Kassab

“O Kassab vai sim se reunir com Sílvio. Mas, a data não está definida, o deputado Júlio César é quem está articulando [o encontro]", disse Georgiano.

Germana Chaves
Teresina
20/01/2020 08h01 - atualizado 08h12

O PSD está investindo todas as fichas para conseguir filiar o ex-prefeito Sílvio Mendes (sem partido). O deputado federal Júlio César está articulando o encontro entre Sílvio e o presidente nacional da sigla, o ex-ministro Gilberto Kassab.

O objetivo é convencer o ex-prefeito a ingressar no partido e sair como pré-candidato à Prefeitura de Teresina nas eleições deste ano. As informações foram confirmadas ao GP1 nesta segunda-feira (20), pelo deputado estadual Georgiano Neto que, até este momento, permanece como opção da legenda ao comando do Palácio da Cidade.

“O Kassab vai sim se reunir com Sílvio. Mas a data não está definida, o deputado Júlio César é quem está articulando [o encontro]. O objetivo é tentar convencer o ex-prefeito [a se filiar ao PSD e ser candidato em Teresina]”, disse Georgiano à nossa reportagem.

  • Foto: Alef Leão/GP1Georgiano NetoGeorgiano Neto

Negou

Durante entrevista ao GP1 nesse sábado (18), Sílvio Mendes não confirmou encontro com o ex-ministro Kassab. “Isso não procede”, declarou o ex-prefeito.

Vice de ‘peso’

Caso Sílvio Mendes decida ser candidato a prefeito, ele já teria um pré-candidato a vice de ‘peso’. O ex-senador João Vicente Claudino, presidente estadual do PTB, tornou público o desejo de compor chapa com Sílvio, independente do partido que o ex-prefeito viesse a se filiar.

“100% mantida [a intenção de ser vice de Sílvio]. Nós não queremos aqui escolher candidatos de partido nenhum. A primeira preocupação é Teresina e a segunda preocupação é reunir candidaturas onde o PTB possa participar e depende de qualquer sigla partidária”, disse.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Sílvio Mendes desmente encontro com ex-ministro Gilberto Kassab

JVC diz que apoia nome de Sílvio Mendes independente do partido

Georgiano descarta voltar a base de Firmino caso Sílvio seja candidato