Teresina - PI

Governador Wellington Dias lança Canyon Fest Poti

O Canyon Fest Poti movimenta em torno de 25 mil pessoas por noite e, durante os três dias, a expectativa é que sejam injetados, aproximadamente, 3 milhões de reais na economia local.

Laura Moura
Teresina
Germana Chaves
Teresina
Davi Fernandes
Teresina
23/07/2019 15h06 - atualizado 15h07

Lançamento do Canyon Fest Poti

Na manhã desta terça-feira (23), o Governo do Piauí, em parceria com a Prefeitura Municipal de Castelo do Piauí e a Secretaria de Cultura do Estado (Secult), lançou a terceira edição do Canyon Fest Poti, que vai acontecer entre os dias 02 e 04 de agosto deste ano.

A proposta do evento cultural é fortalecer as atividades turísticas da região, com destaque para o Cânion do Rio Poti, como destacou o governador Wellington Dias durante a solenidade. “O festival é um evento bom, saudável, para a alegria, o lazer, com diversão, música, ou seja, é uma oportunidade também de levar para o Brasil e para fora, o conhecimento maior dessa região, é um lugar muito bonito, são 25 cachoeiras, uma região belíssima e um ponto de atratividade turística do Piauí”, afirmou.

A vice-governadora Regina Sousa explicou que o Canyon Fest Poti é uma das diversas ações realizadas pelo Governo do Estado desde 2003 para que o Piauí possa atrair investimentos por meio dos eventos culturais.

“É algo implantado desde 2003. Nós temos vários eventos culturais nos municípios. Começou em Pedro II, com o Festival de Inverno e se espalhou. É renda na cidade, é turista, é movimento nas cidades e, quem sabe, atraindo até investimentos. O evento vai acontecer agora em agosto e, com certeza, será um grande festival”, contou.

O Canyon Fest Poti movimenta em torno de 25 mil pessoas por noite e, durante os três dias, a expectativa é que sejam injetados, aproximadamente, 3 milhões de reais na economia local. Assim como em Pedro II, Castelo de Piauí também apresenta diversas belezas naturais atrativas aos visitantes, como bem destacou o secretário de cultura Fábio Novo.

“Com o evento houve já um reflexo, por exemplo, na cidade de Pedro II, devido as visitações nas cachoeiras do urubu rei e do salto liso. Isso melhorou consideravelmente a economia na região e, por isso, esperamos que o Canyon Fest Poti seja também um sucesso”, ressaltou.

O prefeito de Castelo do Piauí, Magno Soares, disse que outras administrações municipais também participam do festival, como as de Buriti dos Montes e Juazeiro do Piauí. O gestor aproveitou ainda para pontuar as novidades desse ano. “Em 2019, temos a criação de novas trilhas, mirantes para fotografias, além de termos a tradicional apreciação da nossa cachaça que é um produto bastante forte na região”, concluiu.