Teresina - PI

GRECO prende quadrilha acusada de vender carros alugados no Piauí

A ação do grupo criminoso consistia em alugar veículos em Teresina, que em seguida eram vendidos em cidades pequenas do Piauí, ou eram levados para outros estados do país.

Davi Fernandes
Teresina
10/09/2020 16h22 - atualizado 16h22

A Polícia Civil do Piauí informou nesta quinta-feira (10) que um grupo de 4 pessoas, integrantes de uma organização criminosa, foram presas acusadas de vender carros alugados em cidades do Piauí e em outros estados, foram presos na noite dessa quarta-feira (09) em Teresina.

A ação foi desenvolvida pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado – GRECO. A ação do grupo criminoso consistia em alugar veículos em Teresina, que em seguida eram vendidos em cidades pequenas do Piauí, ou eram levados para outros estados do país. Os carros eram vendidos com valor bem abaixo do mercado.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1GRECOGRECO

Junto com os suspeitos, a Polícia Civil encontrou também máquinas de cartão de crédito, com isso, eles conseguiam alugar os veículos com nomes de pessoas que não moravam na Capital. Os criminosos fabricavam os cartões utilizando chips de celular.

A investigação teve início quando empresários da locação de veículos denunciaram ao GRECO, que seus carros eram alugados pelo grupo criminoso e depois não eram mais devolvidos. Após um trabalho de apuração, foi constatado que os carros eram levados para Pernambuco.

Além do GRECO, a operação contou com o apoio operacional da Coordenadoria de Operações e Recurso Especiais – CORE. Do grupo preso, três pessoas eram do estado do Ceará e um do Piauí. Após serem presos, os acusados devem responder pelos crimes de falsidade ideológica, associação criminosa e também organização criminosa.

Mais conteúdo sobre: