Polícia

GRECO recuperou R$ 89 mil de assaltos a bancos em Campo Maior

Com o último acusado abatido em confronto com a polícia, foi encontrado aproximadamente R$ 20 mil.

Brunno Suênio
Teresina
10/05/2019 10h06 - atualizado 10h36

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) conseguiu recuperar aproximadamente R$ 90 mil dos R$ 229 mil roubados das agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal da cidade de Campo Maior, no último dia 30 de abril deste ano. No início da tarde desta quinta-feira (09), foi apreendida a quantia de R$ 17.800,00 com Raimundo, o nono bandido abatido em confronto com as forças policiais do Piauí em um matagal próximo a BR 343, zona leste de Teresina.

Ao todo, seis bandidos foram presos durante as buscas aos integrantes da quadrilha e de acordo com o coordenador do GRECO, delegado Tales Gomes, restam ainda dois alvos a serem presos. Um deles, acusado de liderar o grupo, trata-se de Marcelo Pimentel Cunha Nery, vulgo “Marcelo Negão” e outro é um mineiro que está cercado no entorno do município de Cocal, região Norte do Piauí.

“Até agora o valor contabilizado é cerca de R$ 90 mil, o valor total foi R$ 229 mil das duas ações. Nós temos informações de um sujeito na região de Cocal. Pedimos o auxílio de Parnaíba, a fim de capturar esse sujeito, que estaria entrando em algumas residências pedindo água e comida”, comentou.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tales Gomes, coordenador do GRECOTales Gomes, coordenador do GRECO

As últimas 24h têm sido de buscas intensas a Marcelo Negão, que estava acompanhado do mineiro Raimundo, que se separou do piauiense após a dupla ter sido interceptada por policiais civis e policiais rodoviários na BR 343, por volta de 7h dessa quarta-feira (08).

Marcelo Negão foi visto a última vez na região do bairro Morros, onde ele abandonou um Toyota Etios, que havia sido tomado de assalto na BR 343, em Teresina, para que ele empreendesse fuga. Até então, não há novas informações sobre sua localização.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Greco divulga imagens para localizar assaltantes de banco em Teresina

Divulgados nomes dos mortos acusados de explodir bancos em Campo Maior