Teresina - PI

Homens trans montam barraca para arrecadar dinheiro no Corso

“Ela foi criada em 2017, mas só veio à tona em 2018 quando um grupo de amigos se juntou e decidiu promover essa visibilidade para os homens trans”, contou Matheus.

Victória Xavier
Teresina
Thais Guimarães
Teresina
15/02/2020 21h23 - atualizado 21h24

Uma barraca da Associação de Homens Trans do Piauí (ATRAMS) foi montada no Corso de Teresina 2020, com o objetivo de arrecadar dinheiro para a construção de uma sede com CNPJ.

De acordo com o Matheus Freitas, coordenador de comunicação da ATRAMS, a associação foi criada em 2017 e atualmente conta com mais de 20 associados. “Ela foi criada em 2017, mas só veio à tona em 2018 quando um grupo de amigos se juntou e decidiu promover essa visibilidade para os homens trans”, contou o coordenador.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Matheus Freitas, coordenador de comunicação da associação de Homens Trans do PiauíMatheus Freitas, coordenador de comunicação da associação de Homens Trans do Piauí

“Tivemos a ideia de colocar uma barraca no corso para arrecadar dinheiro para a nossa associação, pretendemos ter uma sede e abrir o nosso CNPJ”, ressaltou Matheus.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Barraca ATRAMS no Corso de Teresina 2020Barraca ATRAMS no Corso de Teresina 2020

Ainda segundo informaões do coordenador Matheus, atualmente a associação conta com 40 parceiros em todo o estado do Piauí.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mulheres fazem manifestação contra assédio no Corso de Teresina

Palcos temáticos do Corso homenageiam personalidades teresinenses

Folião se veste de Papa Francisco e pede paz no Corso de Teresina

Mais conteúdo sobre: