Teresina - PI

Hospital Natan Portela entrega corpo errado à família de vítima da covid-19

Antes de ocorrer a troca de corpos, a família do idoso foi até a unidade hospitalar para realizar o reconhecimento e em seguida, o Instituto Natan Portela entregou o corpo errado para a funerária.

Davi Fernandes
Teresina
11/09/2020 20h01

Duas famílias tiveram os corpos de familiares trocados após saírem do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela em Teresina. O caso aconteceu na quinta-feira (10) e os parentes de um idoso de Novo Santo Antônio, de 68 anos, vítima da covid-19, chegaram a enterrar outra pessoa sem ter conhecimento, pois o caixão não pôde ficar aberto durante o velório.

Antes de ocorrer a troca de corpos, a família do idoso foi até a unidade hospitalar para realizar o reconhecimento, e em seguida o Instituto Natan Portela entregou o corpo errado para a funerária contratada pela família. Por conta da situação, foi realizado outro enterro, dessa vez com o corpo certo.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Natan Portela em Teresina Piauí Natan Portela em Teresina Piauí

A confusão aconteceu porque, além de os profissionais do Natan Portela terem trocado os corpos, o corpo errado estava com uma etiqueta, o identificando com o nome errado. O caso foi notificado para a Polícia Civil. O hospital emitiu uma nota lamentando o ocorrido.

A direção do instituto informou que foi aberto um processo de sindicância para apurar sobre o erro no protocolo de identificação de cadáveres, e garantiu que as famílias envolvidas serão chamadas para uma tratativa, com o intuito de esclarecer o que aconteceu.

Confira a nota na íntegra:

A direção do Instituto Natan Portela lamenta profundamente o episódio e pede desculpas pelo transtorno gerado aos familiares.

A direção esclarece que foi aberta uma sindicância para saber onde o protocolo de identificação de cadáveres foi rompido para esses pacientes.

Tão logo a gestão do incidente seja concluída, as famílias serão chamadas para uma tratativa a fim de terem conhecimento do que realmente aconteceu.

As equipes de assistência social e de psicologia do Instituto estão acompanhando o lamentável episódio e à disposição para prestar todo o apoio aos familiares das vítimas.