Teresina - PI

Incêndio atinge apartamentos do Edifício Palazzo Poty no Ilhotas

O fogo atingiu pelo menos quatro apartamentos do Condomínio do Edifício Palazzo Poty, localizado na Avenida Marechal Castelo Branco.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
Victória Xavier
Teresina
04/10/2019 17h05 - atualizado 18h20

Incêndio de grande proporção no Edifício Palazzo Poty no Ilhotas

Um incêndio de grandes proporções atingiu nesta sexta-feira (04) pelo menos quatro apartamentos do Condomínio do Edifício Palazzo Poty, localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, no bairro Ilhotas.

Conforme o sindico do condomínio, Eyder Mendes, foram retiradas todas as pessoas do local e ninguém ficou ferido. “O fogo está controlado pelo Corpo de Bombeiros, tiramos algumas pessoas que estavam no andar, os bombeiros ainda retiram poucas pessoas, não tinha ninguém no apartamento na hora, ninguém ficou ferido. Ainda não sabemos ainda o que motivou o fogo, os bombeiros ainda vão apurar. Nunca ocorreu um problema dessa natureza, é a primeira vez”, informou.

O advogado Leonardo, que tem um escritório nas proximidades do condomínio, testemunhou a ação e assim que percebeu a proporção da fumaça no prédio, acionou o Corpo de Bombeiros para controlar o incêndio no local.

“O meu apartamento que fica no quinto andar, aí eu percebi que tinha uma fumaça muito grande e então chamei o Corpo de Bombeiros para controlar a situação, eu estava no meu escritório e como o edifício é alto e a fumaça estava alta também de lá deu para visualizar”, disse.

De acordo com a major Ana Clea do Corpo de Bombeiros, os moradores do local entraram em contato com o Corpo de Bombeiros através do 193. Todas as viaturas se deslocaram até o prédio onde ocorreu o incêndio.

“Entraram em contato com o Corpo de Bombeiros através do 193, inclusive pelo fato do local ser próximo da sede dos bombeiros, rapidamente foram rebeladas as chamas do quinto andar do prédio, não teve ferido. Todas nossas viaturas se deslocaram para lá e montamos nossas mangueiras, nós não usamos nada do prédio, não deu tempo para vermos o sistema preventivo do prédio, pois como era no quinto andar e nossa preocupação era debelar logo as chamas, nós fizemos tudo rapidamente com os nossos materiais, o fogo foi controlado rapidamente e todas as pessoas do prédio foram retiradas por precaução, não teve vítimas, os danos maiores só foram no apartamento que começou o fogo”, disse.

Ainda segundo a major, não se sabe o que motivou o fogo. “Não sabemos ainda a origem do incêndio, porém a cozinha do apartamento do quinto andar ficou bastante destruída, nossos engenheiros estão sendo acionadas e eles devem se deslocar até o local e avaliarem a situação melhor. A próxima etapa dos bombeiros é orientar o sindico a falar com os moradores para procurarem um local para dormirem hoje à noite por conta da fumaça. Não há mais perigo de fogo, mas é melhor por causa da saúde deles. No apartamento que originou o fogo, apenas a cozinha e um cômodo perto da cozinha ficaram queimados”, finalizou.

O jornalista Francisco Magalhães que mora no condomínio relatou que tomou conhecimento do incêndio após receber uma ligação. Magalhães mora no sétimo andar do prédio. “Foi um susto, pois ligaram para mim contando que era meu apartamento, mas na verdade era embaixo do meu apartamento, eu moro no sétimo e foi no sexto, meu filho veio correndo da academia para salvar o cachorro, a moça que trabalha na minha casa desceu e graças a Deus não aconteceu nada com ninguém. O apartamento que pegou fogo também ninguém ficou ferido, os danos só foram materiais, foi só o susto mesmo”, relatou.

Ainda conforme o relato do jornalista, algumas pessoas acabaram passando mal devido a fumaça mas ressaltou que ninguém se feriu com o ocorrido. “Algumas pessoas passaram mal por causa da fumaça, mas não teve nada grave não, foi só o susto. Os porteiros daqui tem treinamento para combater o fogo, eles de início deram o sinal para os moradores e todos desceram prontamente. Tudo organizado”, afirmou.

O Corpo de Bombeiros ainda vai apurar mais detalhadamente no local o que pode ter causado o incêndio e avaliar o tamanho do dano material.

Mais conteúdo sobre: