Teresina - PI

Incêndio atinge o Rio Poty Hotel na Avenida Marechal Castelo Branco

O hotel fica localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, bairro Ilhotas, na zona sul de Teresina. 

Débora Dayllin
Teresina
Andressa Martins
Teresina
Wanessa Gommes
Teresina
29/05/2018 15h30 - atualizado 19h15

Incêndio atinge o Rio Poty Hotel em Teresina

Um incêndio atingiu o oitavo andar do Rio Poty Hotel, na tarde desta terça-feira (29), localizado na Avenida Marechal Castelo Branco, bairro Ilhotas, na zona sul de Teresina. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada para controlar as chamas, no entanto, por volta das 15h40 a água do caminhão acabou. Um carro-pipa do Exército e outro carro do Corpo de Bombeiros foram ao local e as chamas já foram controladas.

Uma hóspede de Belo Horizonte, identificada como Micheline Sarquis, contou que o fogo iniciou por volta das 15h. “Se eu não tivesse conseguido sair, teria pulado, tinha uma moça lá com o pé quebrado e outra grávida, dois rapazes lá em cima no último andar, só vi todo mundo gritando”, informou.

Moisés Almeida, que estava no hotel, relatou o que viu: “Eu estava no escritório da Uber, quando eu desci estava uma invasão de fumaça, quando eu vi as coisas estavam quebrando e pegando fogo. As pessoas da recepção, como lá é com ar-condicionado, não viram, não sabiam da dimensão, eu corri e pedi pra eles evacuarem a recepção, mas eles ficaram tão apavorados que não sabiam se tinha cliente ou não”, contou.

A funcionária do hotel, Loany Maria, contou que o incêndio começou em um dos salões do prédio: “A gente estava lá dentro, na sala do comercial, quando ligaram pra gente lá de cima dizendo que o salão Poty estava pegando fogo e o fogo subiu para o 8º andar, até as escadas de emergências estavam pegando fogo, aí a gente desceu correndo e começamos a tirar os hóspedes”, relatou.

Para a funcionária, houve um curto-circuito: “Acho que foi um curto circuito no salão, por alguns cabos, cabos dos eventos”, declarou. O hotel passava por reformas e por conta da greve dos caminhoneiros o movimento estava fraco.

Resgate

Uma mulher grávida, dois homens que estavam realizando serviço de pintura no andar que estava sendo consumindo pelo fogo, e um casal do terceiro andar foram retirados do prédio por uma ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros. Dos cinco resgatados apenas a mulher que estava no 3º andar ficou ferida em uma das pernas.

Os pintores foram levados pelo Samu para o Hospital do Monte Castelo por terem inalado muita fumaça, mas já tiveram alta.

O que diz o Corpo de Bombeiros

O subcomandante do Corpo de Bombeiros, coronel Drumond, informou que as chamas já estão controladas e que somente a perícia irá afirmar o que causou o incêndio.

“Não temos como precisar nada neste momento. Iniciaremos uma operação de rescaldo, ou seja, tentar diminuir a temperatura interna do ambiente, para que possamos fazer uma avaliação primária, porque na realidade nós só podemos ver como é que se iniciou esse incêndio a partir de uma perícia detalhada. Temos certeza que foi atingido o último pavimento, mas essa avaliação será feita posteriormente”, informou.