Saúde

Índia supera 7 milhões de casos de coronavírus

O país é o segundo no ranking de infectados, perdendo somente para os Estados Unidos, que já ultrapassou os 7,7 milhões de casos.

Por  Estadão Conteúdo
11/10/2020 08h19

Mais de 7 milhões de pessoas foram infectadas com coronavírus na Índia, segundo divulgado pelas autoridades locais neste domingo, 11. O país é o segundo no ranking de infectados, perdendo somente para os Estados Unidos, que já ultrapassou os 7,7 milhões casos.

Segundo o Ministério da Saúde indiano, somente neste domingo foram registrados 75 mil novos casos de Covid-19. Especialistas acreditam, porém, que o número de casos pode ser muito maior, já que o número de exames diagnósticos no país de 1,3 bilhão de pessoas é bem menor do que o recomendado.

A onda de infecções disparou na Índia, onde o governo está suspendendo as restrições para tentar reanimar a economia local, que foi fortemente afetada pelo bloqueio decretado em março. Se o vírus inicialmente afetou grandes cidades como Mumbai e Nova Delhi, agora se espalhou para praticamente todos os cantos do gigantesco país, incluindo as ilhas remotas de Andaman e Nicobar.

Na última sexta-feira, 9, o primeiro-ministro Narendra Modi lançou uma grande campanha de conscientização para que as pessoas usem máscaras, lavem as mãos e mantenham distâncias físicas."Nossos esforços coletivos ajudaram a salvar vidas. Temos que seguir esse caminho e proteger nossos cidadãos do coronavírus", tuitou Modi.

Recentemente, o número diário de casos de coronavírus caiu do pico de cerca de 100 mil em meados de setembro para cerca de 60 mil. No entanto, Preeti Kumar, da Fundação de Saúde Pública da Índia, com sede em Nova Delhi, disse que ainda é muito cedo para dizer se o país já passou do pico.

“O que a epidemia tem nos mostrado é que devemos ter cautela. Essa diminuição [em números] é real, mas depende de fatores como o rastreamento, o tipo de exames, a eficácia das ações, etc”, afirmou Kumar para a AFP.

Mais conteúdo sobre: