Teresina - PI

Integrante de quadrilha invade construtora e faz reféns em Teresina

Nego Teixeira foi preso em 2018 pelo Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), acusado de financiar uma quadrilha de assaltantes de bancos nos estados do Piauí e Maranhão.

Wanessa Gommes
Teresina
Brunno Suênio
Teresina
24/06/2019 21h23 - atualizado 21h29

Um homem identificado como Antônio Sousa da Silva, mais conhecido como Nego Teixeira ou Neto Bacelar, foi preso na tarde desta segunda-feira (24), após fazer duas pessoas reféns dentro de uma construtora localizada na Rua Desembargador Mota, no bairro Monte Castelo, zona sul de Teresina. No momento da prisão, ele usava tornozeleira eletrônica.

Nego Teixeira foi preso em 2018 pelo Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), acusado de financiar uma quadrilha de assaltantes de banco nos estados do Piauí e Maranhão.

  • Foto: Divulgação/PC-PINeto BacelarNeto Bacelar

Segundo informações do Cabo Nilton, da Força Tática do 1º Batalhão da Polícia Militar, por volta de 16h a equipe recebeu a informação de que havia duas pessoas sendo feitas reféns em uma construtora localizada na zona sul de Teresina.

“O Copom passou que duas pessoas estavam sendo mantidas reféns na Rua Desembargador Mota, em uma construtora. Quando chegamos ele estava com as duas pessoas, mandamos ele se afastar da arma, que botasse as mãos onde pudéssemos ver e fizemos a prisão”, afirmou.

Ainda de acordo com o cabo, o acusado estava em um surto psicótico. “Foi uma crise psicótica que ele teve, não sabemos se ele queria roubar ou foi só a crise. Ele efetuou dois disparos lá dentro, mas não atingiu ninguém”, relatou.

O policial contou ainda que o acusado foi primeiro levado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT) para realizar procedimentos devido a machucado que teve no tornozelo, pulando o muro, e no supercílio.

Com ele foi encontrada uma pistola, que acabou sendo apreendida pelos policiais da Força Tática. Depois de ser liberado do HUT, ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Teresina.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Greco explica como atuavam membros de grupo que explodia bancos

Greco prende quadrilha de assaltantes de bancos no Piauí e MA

Mais conteúdo sobre: