Teresina - PI

Interligação marca etapa final da implantação de adutora em Teresina

O investimento compõe o pacote de melhorias para universalização do abastecimento de água na área urbana de Teresina.

26/02/2020 18h52

A obra para implantação da adutora Centro-Leste chega à etapa final. Na terça-feira (25), a Águas de Teresina finalizou a interligação da nova rede à tubulação que já integra o sistema de distribuição. O serviço foi realizado com a rede em carga, sem comprometer o abastecimento. A nova adutora tem extensão total de 3,6 km e capacidade de vazão de 240 litros por segundo. O investimento compõe o pacote de melhorias para universalização do abastecimento de água na área urbana de Teresina.

A obra compreendeu ainda a travessia da adutora sob a ponte Juscelino Kubitschek, que liga as avenidas Frei Serafim e João XXIII. Suportes metálicos foram instalados sob a laje da ponte para sustentar a rede, cuja extensão no local é de 228 metros. Nessa fase, não houve a necessidade de interdição do tráfego na ponte.

As equipes trabalham agora na implantação de caixa estrutural para acesso em casos de manutenção ao sistema. Serão instalados ainda registro e macro medidor no local. Para viabilizar esta etapa, houve a necessidade de interdição de faixas na avenida Marechal Castelo Branco, sentido Sul/Norte, no trecho que passa embaixo da Ponte Juscelino Kubitschek. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) dará suporte orientando o tráfego na região. A previsão é que até quinta-feira (27) o fluxo de veículos seja restabelecido.

“Geralmente, as adutoras são instaladas por cima da ponte, trabalho esse que afeta diretamente o trânsito. No nosso caso, planejamos a obra para que não houvesse impacto para quem trafega diariamente pela ponte. A adutora Centro-Leste ampliará a distribuição de água tratada para a região do extremo Leste da capital, com reflexo para toda a cidade, uma vez que conseguiremos otimizar, a partir dessa nova rede, o abastecimento para outras regiões”, destaca Cassiano Costa, gerente de engenharia da Águas de Teresina.

Estima-se que a adutora Centro-Leste entre em operação em até 15 dias. A implantação da nova rede irá beneficiar diretamente os bairros Fátima, Ininga, Noivos, Jockey, São Cristóvão, Horto e Planalto, o equivalente a mais de 69 mil teresinenses

Adutora Meio Norte

Outra obra que foi concluída e integra as ações para a universalização do abastecimento de água tratada é a adutora Meio Norte. A nova rede, que sai do Parque Brasil, na zona Norte, até a região da Grande Pedra Mole, no extremo Leste da cidade, tem 400 milímetros de diâmetro; 10 km de extensão com capacidade de vazão de 100 litros por segundo. São mais de 100 mil moradores beneficiados na região.

Este ano, o abastecimento de água será universalizado na área urbana de Teresina, conforme previsto no contrato de subconcessão. As obras das novas adutoras se somam às inúmeras ações que a Águas de Teresina tem realizado, como por exemplo, perfuração e ativação de poços tubulares profundos, instalação de booster – unidades de bombeamento, implantação de redes, setorizações e regularização do abastecimento em áreas que passaram por regularização fundiária.

Mais conteúdo sobre: