Teresina - PI

Irmãos são presos acusados de tentar matar filho de PM em Teresina

Além da dupla que foi presa, outro irmão segue sendo procurado também acusado de participar da ação, que tinha como objetivo matar o filho do sargento da PM.

Davi Fernandes
Teresina
Fábio Wellington
Teresina
21/10/2020 16h24 - atualizado 16h27

Dois irmãos identificados como José Igor Santana da Cruz, 24 anos e Edilson Santana da Cruz, 23 anos, foram presos nesta quarta-feira (21) na Vila Santa Luzia, acusados de tentar assassinar um filho de um sargento da Polícia Militar do Piauí, com pelo menos 16 facadas em maio deste ano.

Em entrevista ao GP1, o subcomandante da Força Tarefa e chefe de investigação do 3º Distrito Policial, Hilton Barbosa, informou que a motivação do crime se deu por conta que a vítima apagou o nome da facção ‘Bonde dos 40’, que estava no muro de sua residência. Por isso, os três irmãos desferiram 16 facadas contra o filho do sargento. Além da dupla presa, outro irmão, também acusado do delito, segue foragido.

  • Foto: Divulgação/SSP-PIIrmãos acusadosIrmãos acusados

“Eles tentaram matar o filho de um sargento da PM só pelo fato que eles pintaram o nome da facção ‘Bonde dos 40’ na parede da casa e a vítima apagou o nome. Esses acusados se revoltaram e efetuaram mais de 15 facadas no filho do PM”, informou.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP-PI), a prisão da dupla foi realizada por meio de mandado de prisão, que foi cumprido por equipes da Força Tarefa, 3º Distrito Policial e 4º Distrito Policial no final da manhã de hoje, na zona sul de Teresina.

Ainda segundo a Secretaria de Segurança, além de serem acusados de realizar a tentativa de homicídio, os dois irmãos são suspeitos de participarem de grupos criminosos na Capital.

José Igor Santana da Cruz e Edilson Santana da Cruz foram levados para a Central de Flagrantes de Teresina, onde serão autuados e em seguida, levados para o sistema prisional do Estado.