Teresina - PI

João Mádison e Wellington buscam consenso na disputa em Corrente

Além de João Mádison, estavam presentes os deputados Pablo Santos (MDB) e Fábio Novo, pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo PT. Além das lideranças de Corrente, Riva, Edilson, Toni e Filemon.

Germana Chaves
Teresina
12/08/2020 14h51 - atualizado 16h31

O deputado estadual João Mádison Nogueira (MDB) esteve reunido com o governador Wellington Dias (PT-PI) e com lideranças da cidade de Corrente, na manhã desta quarta-feira (12). A reunião que ocorreu no escritório do governador, na zona leste de Teresina, teve como objetivo chegar a um consenso entre os nomes que se colocam como alternativas para o cargo de prefeito do município nestas eleições.

Além de João Mádison, estavam presentes os deputados Pablo Santos (MDB) e Fábio Novo, pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo PT e as lideranças de Corrente, ex-prefeito Tertuliano Cavalcanti (PSL), vereador Riva Cavalcante Barros (PTB), Edilson de Araújo (PT), Toni e Filemon Nogueira Paranaguá (PSD).

  • Foto: Divulgação/AscomJoão Mádison e Wellington DiasJoão Mádison e Wellington Dias

Conforme pesquisas extraoficiais realizadas em Corrente, Filemon é o nome mais bem posicionado entre as opções apresentadas. Apesar de ainda não ter sido batido o martelo, a maioria presente concordou que Filemon deve ser o representante do grupo aliado na disputa municipal.

“O governador reuniu os nomes [para prefeitura] de oposição lá em Corrente para buscarmos a unidade e definimos quem vai representar todo o grupo. De acordo com pesquisas internas, o Filemon é o melhor posicionado. Mas não há desentendimentos e acredito que em breve definiremos o nome de consenso, uma vez que, todos são preparadíssimos”, disse Mádison ao GP1.

De acordo com João Mádison, o ex-prefeito Tertuliano, que também é presidente do PSL de Corrente, no momento do encontro não declarou apoio ao grupo, mas ficou de avaliar.

Mais conteúdo sobre: