Política

João Vicente Claudino se reúne com membros de partidos emergentes

Segundo informações de Celso Henrique, presidente do PPS no Piauí, que participou do encontro, a discussão girou em torno estratégias para as eleições proporcionais deste ano.

BRUNNO SUÊNIO
GERMANA CHAVES
DE TERESINA
27/02/2018 19h11 - atualizado 28/02/2018 16h25

O ex-senador João Vicente Claudino, pré-candidato a governador do Estado, se reuniu na tarde desta terça-feira (27), com membros de partidos emergentes. O encontro aconteceu na fábrica da Socimol, zona sul de Teresina.

Segundo informações de Celso Henrique, presidente do PPS no Piauí, que participou do encontro, a discussão girou em torno estratégias para as eleições proporcionais deste ano: “A conversa de hoje foi de pequenos partidos, no caso PPS, PHS, PMN, PRP e PPL. O PV não foi por conta da sessão da Câmara, mas a vereadora Teresa Britto conversou com ele por telefone. O que a gente viu foi a atual conjuntura, onde ele se colocou muito receptivo. A gente falou do nosso projeto para a eleição de três deputados estaduais e de um federal”, explicou.

  • Foto: DivulgaçãoJoão Vicente Claudino se reúne com membros dos partidos emergentesJoão Vicente Claudino se reúne com membros dos partidos emergentes

“O que a gente colocou foi que onde um ou dois partidos estiverem, os outros obrigatoriamente deverão estar por conta da cláusula de barreira, da necessidade de construção de candidaturas competitivas e todo mundo concorrendo de igual para igual, ele [João Vicente] se mostrou receptivo, aprovou a ideia”, contou Celso.

Ainda de acordo com Celso, João Vicente vai fazer um grande evento no PTB, no dia 6 de abril, “para consolidar a sua filiação, seu retorno ao quadro do PTB, mostrando que tem amplas possibilidades de ser candidato a governador”.

Questionado se os pequenos partidos vão apoiar o ex-senador, em uma eventual candidatura ao Governo, Celso respondeu. “Ele disse que primeiro vai se filiar e como a filiação só vai acontecer em 6 de abril, ele afirmou que somente depois é que, se ele decidir pela candidatura, é que vai procurar os partidos e fazer o seu grupo político”, finalizou.