Entretenimento

Jornalista diz que foi demitida da Globo 'por ter ficado doente'

Izabella Camargo afirmou que ficou doente devido ao seu horário de trabalho na emissora e que chegou a pedir para mudar de turno, mas seu pedido não foi atendido.

Bárbara Rodrigues
Teresina
08/11/2018 13h34 - atualizado 13h34

A jornalista Izabella Camargo foi demitida pela Rede Globo na segunda-feira (5) após retornar de licença médica. Em entrevista ao Notícias da TV do UOL, a jornalista afirmou que está sendo punida por ter ficado doente. Ela disse que entrou de licença médica após desenvolver sintomas de estresse profissional, conhecida como síndrome de burnout.

Izabella Camargo afirmou que ficou doente devido ao seu horário de trabalho na emissora e que chegou a pedir para mudar de turno, mas seu pedido não foi atendido. A doença fez com que ela sofresse um apagão ao vivo no programa Em Ponto, quando falava com o apresentador Roberto Burnier. Ela foi encaminhada a um médico e diagnosticada com síndrome de burnout. O médico então expediu licença devido ao risco da jornalista ter convulsões.

  • Foto: Facebook/Izabella CamargoJornalista Izabella CamargoJornalista Izabella Camargo

A jornalista trabalhava desde 2014 apresentando a previsão de tempo nos programas Hora 1 e no Bom Dia Brasil. A jornalista entrava no trabalho às 3h da madrugada, fazia quatro entradas no programa Hora 1, onde ficava até 20 minutos dando informações sobre meteorologia. Já no Bom Dia Brasil ela entrava ao vivo uma vez para passar as informações. Em agosto deste ano ela foi colocada para aparecer também no programa Em Ponto às 4h da madrugada.

Ela afirmou que o excesso de trabalho acabou prejudicando a sua saúde. "Tinha medo de não conseguir organizar as ideias e interagir com o apresentador porque, enquanto eu devia organizar as ideias [nos intervalos do Hora 1], tinha que preparar outro jornal", afirmou. "Percebi que o que estava acontecendo comigo era muito grave. Você não saber quem é, pra onde vai, isso é muito incapacitante.", destacou.

A Globo se manifestou informando que a demissão da jornalista não foi com relação a licença médica e que não trata em público a relação com seus funcionários. "A própria Izabella Camargo diz, em vídeo publicado em seu Instagram, que está bem de voz e corpo e que 'está tudo certo'. O motivo pelo qual deixou de trabalhar na TV Globo não guarda nenhuma relação com a licença médica que tirou, mas a emissora não trata em público de suas relações com funcionários ou ex-funcionários. A Globo é reconhecida por todos como uma empresa que zela por seus funcionários, dando todo o apoio possível. Como já dissemos antes, a Globo agradece à Izabella pelos anos de convivência, dedicação e profissionalismo", afirmou a emissora.

A síndrome de burnout é um esgotamento mental relacionado ao estresse e excesso de trabalho. Entre seus sintomas estão problemas de memória, fadiga, dores musculares, depressão, falta de apetite e problemas no sono.

Mais conteúdo sobre: