Cocal - PI

José Monção é expulso do PTB após admitir roubo de dinheiro público

A expulsão do ex-prefeito ocorreu na terça-feira (8) e foi confirmada ao GP1 pelo presidente estadual do PTB no Piauí, João Vicente Claudino.

Bárbara Rodrigues
Teresina
Germana Chaves
Teresina
09/09/2020 09h17 - atualizado 12h09

O PTB no Piauí decidiu expulsar do partido o ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, após ele admitir, durante convenção do Progressistas e do MDB no último final de semana, que roubou dinheiro público durante a sua gestão.

A expulsão do ex-prefeito ocorreu na terça-feira (8) e foi confirmada ao GP1 pelo presidente estadual do PTB no Piauí, João Vicente Claudino.

  • Foto: Divulgação/ReproduçãoJosé Maria MonçãoJosé Maria Monção

A declaração de Monção ocorreu durante um discurso na convenção do PP e MDB em Cocal quando ele criticava o atual prefeito. A convenção estava sendo transmitida ao vivo. “Eu fui prefeito três vezes e sei o sofrimento, mas também não roubei o tanto que esse aí roubou não. Eu posso até ter tirado alguma coisa dos pobres, porque é a verdade. Ninguém pode ser tão sincero. Se eu não tivesse tido tanto direito eu não tinha ido preso. Se eu fui preso, tinha motivo”, disse Monção.

José Monção afirmou que o que fez foi para ajudar a população. “Eu quero dizer pra vocês, mas político que rouba, rouba para dar para o povo. É difícil o cara roubar pra si”, afirmou.

Condenação

Em fevereiro deste ano, o ex-prefeito de Cocal, José Maria Monção, foi condenado pela Justiça Federal a 07 anos e 08 (oito) meses de prisão pelo crime de peculato, tipificado no art.1°, inciso I, do Decreto Lei 201/67, em razão do desvio de recursos provenientes o Ministério da Educação.

O regime inicial de cumprimento da pena é o semiaberto e o juiz decretou ainda a inabilitação do ex-prefeito para o exercício de qualquer cargo ou função pública pelo prazo de cinco anos, a contar do trânsito em julgado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ex-prefeito de Cocal José Monção admite que roubou dinheiro público

Confissão de roubo vai custar mais uma prisão a José Maria Monção

Ex-prefeito José Maria Monção é condenado a 7 anos de cadeia