Bom Jesus - PI

Jovem grava vídeo dançando funk na Câmara de Bom Jesus

Após o vídeo viralizar nas redes sociais, o presidente da Câmara, Nestor Elvas, emitiu nota afirmando que irá tomar todas as medidas cabíveis para punir os responsáveis pelo fato.

Fábio Wellington
Teresina
Nathalia Carvalho
Teresina
01/09/2020 15h43 - atualizado 16h30

Está circulando nas redes sociais um vídeo em que mostra uma jovem dançando funk no plenário da Câmara Municipal de Vereadores do município de Bom Jesus, no Sul do Piauí. O vídeo so veio a tona e teve uma grande repercursão nesta segunda-feira (31), mas teria sido gravado na noite do domingo (30).

Após o vídeo viralizar, o presidente da Câmara, Nestor Elvas, emitiu nota afirmando que irá tomar todas as medidas cabíveis e apurando todos os fatos necessários para que possa assim punir de forma administrativa, civil e penalmente os envolvidos no fato.

Em entrevista ao GP1, o delegado Jucier Santos, da Delegacia Regional de Bom Jesus, contou que o boletim de ocorrência foi feito pelo presidente da Casa legislativa, mas o caso não se configura crime, já que a mulher recebeu autorização para entrar dentro Câmara.

“Sim. O presidente da Câmara veio até a delegacia e realizou o registro do B.O, mas o fato dela dançar dentro da instituição não se configura crime, porque ela foi autorizada a entrar no local pelo vigilante que estava de plantão. O registro do caso na Polícia Civil servirá apenas para uma eventual punição administrativa do servidor que autorizou a entrada da mulher”, informou o delegado.

Leia a nota na íntegra

CONSIDERANDO a divulgação de vídeos em redes sociais, a Presidência da Câmara esclarece que:

- Nos vimos na necessidade de emitir a presente nota de esclarecimento por conta da divulgação de um vídeo fora de contexto acerca de nossas atribuições. É triste, principalmente neste momento tão complicado pelo qual já estamos todos passando, que sejamos surpreendidos por atos que a Presidência da Câmara Municipal de Bom Jesus, representado pelo seu Presidente Nestor Renato Parente Elvas jamais compactuaria, e que em seu bojo, ainda que de forma rasa, exista pessoas acerca dos fatos, provavelmente com o intuito de fazer uso político da situação, denegrindo um trabalho que vem sendo realizado da forma responsável.

- CONSIDERANDO, que desde a convocação de todos os profissionais, seja eles concursados ou não, foi sempre pautada no exercício de suas atividades profissionais a responsabilidade para com a coisa pública; - Diferentemente da manifestação proferida por alguns, essa Presidência está tomando todas as medidas cabíveis, e apurando todos os fatos necessários, para que possa assim “PUNIR” de forma Administrativa, Civil e Penalmente;

- Oportuno consignar que, embora estejamos tratando da Casa Legislativa, intitulada como a casa do Povo, não poderíamos de forma alguma, deixar a sociedade sem respostas e sem adotarmos medidas para buscar providências legais quanto as pessoas que de forma mal-intencionada praticaram tais atos, e reiteramos nosso compromisso com todos os bonjesuenses, pois buscaremos responsabilizar os que estão prejudicando gravemente a imagem e reputação da casa Legislativa de Bom Jesus, a quem tanto prezamos."