Teresina - PI

Justiça marca julgamento de acusado de matar atendente em Teresina

A vítima foi o atendente de uma padaria, Paulo Sérgio de Carvalho, que foi morto com um disparo de arma de fogo no dia 20 de março de 2017, no bairro Buenos Aires, zona norte de Teresina.

Davi Fernandes
Teresina
11/11/2020 17h19 - atualizado 17h21

A 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), marcou para o dia 1º de dezembro deste ano a sessão de julgamento de Stephan Pereira da Silva, acusado de assassinar o atendente de uma padaria, Paulo Sérgio de Carvalho, com um disparo de arma de fogo no dia 20 de março de 2017, no bairro Buenos Aires, zona norte de Teresina.

Além de Stephan, mais dois acusados foram presos por participação no crime, porém não foram pronunciados a serem submetidos a julgamento pelo Júri Popular. Inicialmente, no dia do assassinato, Denilson Araújo da Silva foi preso acusado de auxiliar Sthephan.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Tribunal de Justiça do Piauí- TJTribunal de Justiça do Piauí- TJ

O outro suspeito em ajudar, identificado como Diego César Araújo da Silva, foi preso pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP – no dia 14 de outubro de 2019. Ele emprestou a motocicleta utilizada pelos outros dois acusados.

Relembre o caso

Paulo Sérgio de Carvalho da Silva, de 20 anos, foi morto com um disparo de arma de fogo por volta das 11h do dia 20 de março de 2017. O crime ocorreu na Rua Fotógrafo Solimar, próximo ao cemitério Santo Antônio, no bairro Buenos Aires.

Segundo relatos de populares à polícia, dois indivíduos em uma moto chegaram e disparam contra a vítima que estava sentada em um banco. Ele foi atingido com um disparo na cabeça. Familiares do jovem disseram à PM que ele não tinha nenhum envolvimento com o mundo das drogas, e que ele trabalhava como caixa em uma padaria.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

PM prende suspeitos de matar atendente de padaria em Teresina

Jovem é assassinado no bairro Buenos Aires em Teresina

Mais conteúdo sobre: