Piauí

Lucas Villa lidera pesquisa Amostragem para presidente da OAB-PI

A pesquisa ouviu 350 advogados das mais variadas especialidades e atuações, registrados na OAB – PI e atuantes na advocacia do Estado.

31/08/2018 12h03 - atualizado 12h03

Entre os dias 24 e 26 de agosto de 2018, o Instituto Amostragem realizou pesquisa e aferiu dados relevantes a cerca das pré-candidaturas já lançadas, pelo menos nos bastidores, à presidência da OAB, seccional Piauí. A pesquisa ouviu 350 advogados das mais variadas especialidades e atuações, registrados na OAB – PI e atuantes na advocacia do Estado. A amostragem da pesquisa teve por critério de estratificação geográfica a capital e outros municípios piauienses, sendo feita por meio de um questionário estruturado com perguntas abertas e fechadas.

Entre os pré-candidatos citados estão Lucas Villa, Celso Neto, Talmy Tércio, Chico Couto, Carlos Henrique, Sebastião Júnior, Antônio Sarmento e Edson Sá, nomes expressivos e citados em pesquisas anteriores. Recentemente, a maioria deles lançou suas pré-candidaturas e têm a intenção de se colocarem a disposição para representar a classe advocatícia no Estado. As eleições para este pleito devem acontecer na segunda quinzena de novembro, mas a movimentação na OAB – PI já é intensa quando o assunto é a escolha de seu representante maior.

  • Foto: Wilson FilhoLucas VillaLucas Villa

Atual vice-presidente da Ordem no estado, Lucas Villa aparece em primeiro lugar no cenário de intenção de voto estimulada geral, com 24,29% da preferência entre os advogados entrevistados. Mulheres (28,57%), advogados e advogadas com até 26 anos de idade (38,81%) e a jovem advocacia (27,31%) aparecem na pesquisa como maioria neste percentual. Em pesquisas anteriores, o advogado criminalista, que busca com afinco os interesses da jovem advocacia e das mulheres advogadas, esteve em posição semelhante, sendo apontado como favorito. Durante lançamento de sua pré-candidatura, ele destacou a importância da união da classe, sendo escolhido como o líder do movimento União Pela Nova Advocacia, o que teve ampla repercussão na capital.

Os nomes do procurador Celso Neto e do advogado Chico Couto aparecem na pesquisa com 16,57% e 11,14% das intenções de voto, respectivamente. Os pré-candidatos da situação tiveram maior expressividade na pesquisa, o que demonstra satisfação dos advogados piauienses em relação à atual gestão da Ordem. Em todas as simulações de cenários, o candidato com maior empatia dos entrevistados é Lucas Villa, que se propõe a unir todos advogados.