Piauí

Mãe procura no Piauí pai de criança que precisa de doação de sangue

Desesperada, a mãe relatou ao GP1 que sua filha Chiara Giovanna, de apenas um ano, sofre com uma grave infecção no sangue e precisa de uma transfusão, sendo que o é o pai o único doador possível.

Andressa Martins
Teresina
19/02/2020 18h11 - atualizado 20/02/2020 08h54

Islane Rodrigues de Matos, natural da Cidade Ocidental, no município de Goiás, entrou em contato com o GP1 pedindo ajuda para encontrar o pai de sua filha, identificado como Jhonata César Pinheiro Ferreira, de 25 anos, que é do estado do Piauí.

Desesperada, a mãe relatou que sua filha Chiara Giovanna Rodrigues dos Santos, de apenas um ano, sofre com uma grave infecção no sangue e precisa de uma transfusão, sendo o pai o único doador possível. Chiara nasceu prematura de quatro meses e passou muito tempo internada na U.T.I.

  • Foto: DivulgaçãoChiara sofre com uma grava infecção no sangueChiara sofre com uma grave infecção no sangue

“Nossa filha está com uma infecção terrível no sangue, que gera umas feridas no corpo. A infecção está tão grande, que chega a ter pus até na cabeça. Ela precisa de um doador de sangue e no caso só pode ser o pai dela. Meu sangue não é compatível, então o sangue compatível será o do pai dela”, contou.

Islane informou que vive na esperança de encontrar Jhonata para iniciar o tratamento da filha. O pai da menina, segundo Isla, não chegou a registrar a criança e retornou para o Piauí, seu estado de origem. Há três meses ela não consegue contatar o pai da pequena Chiara.

“Estou à procura do pai da minha filha e o número que eu tenho não estou tendo resposta. Já são três meses que ele não entra no WhatsApp do número que tenho dele. Sei que ele está morando aí, sei que ele voltou para aí, mas não lembro o nome do bairro”, continuou.

  • Foto: Arquivo PessoalJhonata César Pinheiro FerreiraJhonata César Pinheiro Ferreira

Grave problema

“Como a infecção do sangue está bem avançado, até para secar o pus é difícil e os médicos não deixam ela internada porque têm medo dela contrair mais infecção ainda”, explicou a mãe.

Problemas no passado

Isla ainda disse que quer esquecer as brigas em prol da cura da filha, que mesmo com pouca idade, sofre com os ferimentos espalhadas no corpo. “Sei que a gente teve alguns problemas, mas o passado não convém no futuro e nem no presente. O que está em jogo é uma criança, a saúde de uma criança. Têm dias que ela pega no corpo dela, onde tem as feridas, ela fala que dói”, lamentou a mãe.

Quem souber de informações sobre Jhonata César, Isla divulgou o contato (61) 9 9168-8720 para repassar alguma notícia.

Mais conteúdo sobre: