Teresina - PI

Marcado julgamento de acusado de matar desafeto a tiros em Teresina

A sessão irá ocorrer às 8h30 e na ocasião será decidido se o réu vai ser julgado pelo Tribunal Popular do Júri ou não.

Davi Fernandes
Teresina
22/06/2020 21h05 - atualizado 21h19

A 2ª Vara do Tribunal Popular do Júri da Comarca de Teresina do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) marcou para 7 de julho deste ano a audiência de instrução e julgamento de José Tiago de Almeida Silva, acusado de assassinar Lucivaldo da Silva de Lima, 49 anos, a tiros no bairro Areias, zona sul da Capital, em março de 2018.

A sessão irá ocorrer às 8h30 e na ocasião será decidido se o réu vai ser julgado pelo Tribunal Popular do Júri ou não.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Carro em que a vítima estava Carro em que a vítima estava

Entenda o caso

Um homem identificado como Lucivaldo da Silva de Lima, 49 anos foi executado a tiros na tarde de 23 de março no bairro Areias, na zona sul de Teresina. O homem estava dirigindo, quando foi surpreendido pelo criminoso.

Segundo o capitão Gerson Santana, da Companhia Independente do Promorar, a suspeita é que o crime tenha sido um acerto de contas, pois de acordo com alguns familiares ocorreu uma desavença entre a vítima e acusado.

“O crime aconteceu por volta de 11h40. Segundo o relato dos familiares, houve uma desavença entre a vítima e um homem que teria roubado uma vaca dele. Ele é criador de vacas e há 15 dias atrás houve essa discussão. Hoje o próprio ladrão ou alguém a mando dele teria efetuado os disparos contra a vítima. Ele costumava fazer esse trajeto todos os dias. Segundo os populares, ele disparou seis ou sete vezes. Ele era casado e pai de três filhos”, afirmou.

NOTÍCIA RELACIONADA

Homem de 49 anos é executado no bairro Areias em Teresina

Mais conteúdo sobre: