Teresina - PI

Marcado julgamento de acusados de matar idoso no Tancredo Neves

A vítima, identificada como Francisco Ivo de Sousa, de 69 anos, foi morta com um tiro na cabeça, durante uma tentativa de assalto em maio de 2016.

Fábio Wellington
Teresina
29/01/2020 20h25 - atualizado 20h25

A 1ª Vara do Tribunal Popular do Júri de Teresina marcou para o dia 1º de abril a audiência de instrução e julgamento de Arnold Francisco Lira dos Santos e Francisco Biserra Santos, acusados de assassinar o idoso Francisco Ivo de Sousa, no bairro Tancredo Neves, zona sudeste de Teresina.

A vítima de 69 anos, foi morta com um tiro na cabeça, durante uma tentativa de assalto em maio de 2016. O idoso morava no bairro Morada do Sol e tinha ido ao Tancredo Neves visitar alguns familiares.

Segundo o TJ-PI, o julgamento vai ter início às 10h30min, na sala de audiências do Fórum Desembargador Joaquim de Sousa Neto, no Centro Cívico, localizado no bairro Cabral, centro-norte da capital.

Prisão

Dois meses depois do crime, o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoas (DHPP), cumpriu um mandando de prisão e prendeu Arnold e Francisco como sendo os principais suspeitos do assassinato do idoso.

De acordo com delegado Francisco Costa, o “Barêtta”, apesar da rápida solução, o caso teve uma tentativa de desconstrução do trabalho da polícia. “Os três bandidos estavam em um carro fazendo assaltos na região do Tancredo Neves. A vítima estava falando ao telefone, quando o Arnold desceu do carro, enquadrou ele [Francisco Ivo], e anunciou o assalto. A vítima esboçou uma reação e o Arnold deu um tiro. Partindo dali, a Aldenora compareceu até a Polinter e registrou o roubo do carro que eles usavam para cometer os crimes. Nós fomos até o local indicado do roubo, mas ninguém viu nada, não havia nenhuma informação do roubo desse carro”, contou o delegado.

Entenda o caso

Na manhã de 15 de maio de 2015, um idoso identificado como Francisco Ivo de Sousa, 69 anos, foi morto no bairro Tancredo Neves, zona sudeste de Teresina, em uma tentativa de assalto.

De acordo com o tenente Elivan, a vítima morava no bairro Morada do Sol e foi ao Tancredo Neves visitar alguns parentes. Testemunhas chamaram a ambulância e o homem foi levado ainda com vida para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). “Ele estava visitando parentes, mas morava na Morada do Sol. A vítima estava entrando em um gol vermelho e foi baleado a uns quatro metros do carro, antes de entrar. A suspeita é que tenha sido uma tentativa de assalto”, afirmou o tenente.

NOTÍCIAS RELACIONAS

Três pessoas são presas acusadas de matar idoso em Teresina

Idoso é morto com um tiro na cabeça no bairro Tancredo Neves