Teresina - PI

Marden Menezes diz que seria estranho PSDB não ter candidato

O PSDB comanda a Prefeitura de Teresina desde 1993, quando Wall Ferraz assumiu o Palácio da Cidade.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
28/06/2019 08h03 - atualizado 08h44

Durante entrevista ao GP1, na última quarta-feira (26), o deputado estadual Marden Menezes disse que seria estranho o PSDB não lançar candidatura própria para disputar a Prefeitura de Teresina em 2020. O prefeito Firmino Filho tem dito que a sigla pode apoiar o nome de um dos partidos aliados.

Apesar de dizer que não existe uma obrigatoriedade de o PSDB lançar candidato próprio, Marden avaliou que o partido possui “uma força muito grande na capital”. A situação, de acordo com o tucano, ainda deve ser avaliada.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Marden Menezes Marden Menezes

“Eu não diria que obrigatoriamente o PSDB tivesse que ter um candidato, mas é fato que o PSDB tem uma força muito grande na capital e seria de estranhar o PSDB não apresentar um nome à sociedade em Teresina. Mas essas circunstâncias serão discutidas e avaliadas até as convenções, que serão avaliadas no ano que vem”, afirmou.

Sequência de vitórias

O PSDB comanda a Prefeitura de Teresina desde 1993, quando Wall Ferraz assumiu o Palácio da Cidade. Após Wall Ferraz, foram prefeitos pelo partido Francisco Gerardo, Firmino Filho e Sílvio Mendes. Desde 1993, apenas Elmano Férrer, que era do PTB na época, assumiu o executivo municipal já que Sílvio renunciou ao cargo de prefeito para concorrer ao Governo do Piauí. Com isso, Férrer assumiu efetivamente o comando do Palácio da Cidade.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Firmino Filho pede engajamento de aliados para as eleições de 2020

Firmino vai repetir a mesma estratégia que elegeu Sílvio Mendes

Firmino Filho diz que é legítimo que tucanos defendam candidatura