Política

Marden Menezes nega deixar PSDB para se filiar ao Progressistas

"É uma informação que não procede porque não estou sequer pensando na questão partidária. Não disputo as eleições de 2020, não é um assunto que está na minha pauta", declarou o deputado.

Andressa Martins
Teresina
Germana Chaves
Teresina
11/02/2020 15h05 - atualizado 15h32

O deputado estadual Marden Menezes negou nesta terça-feira (11) que irá deixar o PSDB para se filiar ao Progressistas. A informação da possível mudança circulou na imprensa local nessa na segunda-feira (10).

Ontem Marden cumpriu agenda com o senador Ciro Nogueira nos municípios de Lagoa de São Francisco e Piripiri, na região Norte do estado. Na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) nesta terça, Marden disse que não está cogitando mudar de partido agora.

  • Foto: Alef Leão/GP1Marden MenezesMarden Menezes

“É uma informação que não procede porque não estou sequer pensando na questão partidária. Não disputo as eleições de 2020, não é um assunto que está na minha pauta e após as eleições de 2020, que é o momento que vamos estudar todo o cenário”, declarou.

Independente

Marden ainda disse que é um parlamentar independente e que não tem compromisso com o Governo do Estado e nem com a gestão municipal de Teresina. “O que eu posso afirmar é que eu sou um político independente, todos sabem. Eu não tenho nenhum compromisso com o Palácio de Karnak, nem tampouco com o Palácio da Cidade. Eu atuo mediante o compromisso que tenho com a sociedade piauiense”, finalizou.

Mais conteúdo sobre: