Teresina - PI

Marido de Joice Hasselmann vai assumir o comando do PSL de Teresina

Ele entra no lugar do empresário Manoel Lopes, o Nel, que foi destituído do cargo após críticas a Hasselmann que rompeu com Jair Bolsonaro, se tornando uma das maiores opositoras do presidente.

Germana Chaves
Teresina
16/06/2020 09h27 - atualizado 10h08

Por deliberação do Diretório Nacional do PSL, o médico Daniel França, marido da deputada federal Joice Hasselmann, vai assumir o comando do partido em Teresina (PI). Ele entra no lugar do empresário Manoel Lopes, o Nel, que foi destituído do cargo após críticas a Hasselmann que rompeu com Jair Bolsonaro, se tornando uma das maiores opositoras do presidente da República.

Bolsonarista fervoroso, Nel acabou entrando na mira do PSL nacional por sua defesa ao chefe máximo do País e pelas críticas direcionadas a membros do PSL, inclusive à Joice.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Daniel FrançaDaniel França

Em meio ao clima de animosidade, o presidente do PSL no Piauí, vereador Luís André, vai realizar uma sequência de diálogos com os membros do partido, bem como com Daniel França.

Candidatura própria

Corre nos bastidores que França tende a defender que o PSL apresente candidatura própria à Prefeitura de Teresina. Estratégia que colide com as diretrizes já determinadas, uma vez que, o PSL está fechado com o prefeito de Teresina Firmino Filho (PSDB).

A possibilidade de lançar um nome próprio da agremiação desencadearia uma crise interna, haja vista, que toda bancada de vereadores e a maioria dos membros do PSL, defendem aliança com o Palácio da Cidade, que vai apresentar o professor Kleber Montezuma (PSDB) como candidato majoritário.

NOTÍCIA RELACIONADA

Empresário diz que marido de Joice Hasselmann não conhece o PSL