Política

Merlong Solano critica polêmicas na disputa pela presidência do PT

"Muitas vezes as disputas internas extravasam para polêmicas externas. Eu estou defendendo a busca de unidade", informou Merlong.

Jonas Carvalho
Teresina
Germana Chaves
Teresina
02/07/2019 08h26 - atualizado 09h03

Na manhã desta segunda-feira (01), o secretário de Administração Merlong Solano externou o desejo de ter candidato único na disputa pelo diretório regional do Partido dos Trabalhadores. O parlamentar afirmou que é mais prudente buscar o consenso para evitar fissuras na sigla.

O secretário elogiou os nomes do vereador Dudu Borges (PT) e do deputado federal Assis Carvalho (PT), mas pediu unidade entre os pré-candidatos. Para Merlong, ‘polêmicas externas’ podem comprometer o desenvolvimento do partido no estado.

  • Foto: Helio Alef/GP1Merlong SolanoMerlong Solano

“São dois bons nomes. O Assis com a sua experiência de presidente regional, o Dudu já foi presidente da executiva municipal e eu acho que qualquer que seja a decisão do partido, ele estará bem cuidado. Eu estou defendendo que neste ano o PT procure fazer eleições por consenso, não sei se será possível porque o momento está muito difícil para a política e muitas vezes as disputas internas extravasam para polêmicas externas. Eu estou defendendo a busca de unidade, ou seja, um candidato único”, disse o secretário.

Sobre qual lado deve apoiar, Merlong Solano preferiu neutralidade. “Este é o meu sentimento, se tem viabilidade no momento, não sei opinar, mas acho importante que todas as lideranças trabalhem nesse sentido”, concluiu ele.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Wellington Dias inaugura ala na Maternidade Evangelina Rosa

Limma descarta Dudu e apoia nome de Franzé a prefeito de Teresina

Limma diz que bancada do PT apoia Assis no comando do partido