Piauí

Ministro Tarcísio Gomes diz que tem plano para desenvolver a infraestrutura do Piauí

A informação foi dada pelo ministro da Infraestrutura durante uma troca de mensagens com o senador Elmano Férrer, no Twitter.

Wanessa Gommes
Teresina
22/06/2020 18h05 - atualizado 18h26

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse nessa segunda-feira (22), que tem plano concreto para desenvolver a infraestrutura do Piauí. A informação foi dada durante uma troca de mensagens com o senador Elmano Férrer, no Twitter.

Tarcísio compartilhou um vídeo do Dnit que mostra o trabalho que está sendo realizado de estaiamento de sustentação da ponte sobre o Rio Parnaíba, na BR-235/PI/MA. Ele escreveu: “Engenharia a serviço do desenvolvimento alinhado ao meio ambiente. Ponte estaiada no Rio Parnaíba vai ligar as regiões sul do Piauí e do Maranhão e criar novo corredor de escoamento através de BR-235. Mais um gargalo logístico que será destravado pelo Governo @JairBolsonaro”.

Em seguida, o senador comentou a postagem: “A Ponte que liga Santa Filomena a Alto Parnaíba é a realização de um sonho. Será um importante impulso para a produção de grãos da região dos cerrados piauienses. Obrigado ministro @tarcisiogdf e ao Governo @jairbolsonaro por acreditarem no nosso estado”.

Em resposta a Férrer, o ministro disse: “Conte com o Governo @JairBolsonaro, senador. Temos um plano concreto para desenvolver a infraestrutura do Piauí”.

Fazem parte do plano anunciado pelo ministro, além da ponte, obras na BR 235, dois viadutos, em Teresina, que estão em andamento do Contorno Rodoviário: mercado do Peixe e viadutos rodoferroviários, além de um terceiro que será construído na Avenida Zequinha Freire com ladeira do Uruguai que está esperando a licitação e a duplicação da BR 316 entre Teresina e Demerval Lobão.

Na BR 135, as obras estão sendo realizadas do trecho Bom Jesus sentido Gilbués. São 164 quilômetros de alargamento em uma obra orçada em R$ 78,2 milhões, com previsão de conclusão em dois anos, que vai melhorar a infraestrutura para o escoamento da produção de grãos na região dos cerrados piauienses.

A ponte e obras na BR 135 são recursos do Dnit e da bancada federal piauiense, já as demais obras são recursos das emendas do senador Elmano Férrer.