Teresina - PI

Morador de rua é assassinado com vários tiros no bairro Renascença

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi até o local e irá conduzir as investigações sobre o crime.

Jeyson Moraes
Teresina
06/09/2020 10h25 - atualizado 10h35

Um morador de rua identificado como Valdemar Rodrigues, mais conhecido como “Cacholé”, foi assassinado a tiros no início da manhã deste domingo (6), no bairro Renascença 1, na zona sudeste de Teresina.

Segundo as informações do capitão Araújo, do 8º Batalhão de Polícia Militar do Piauí, a equipe foi acionada por volta das 5h para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo e quando chegou ao local encontrou um homem baleado em via pública.

“Quando a viatura chegou ao local descobriu que tratava-se dessa pessoa que estava baleada. O Samu foi acionado e eles constataram que o homem havia morrido. A princípio, não há informações de que a vítima tenha passagens pela polícia, só sabemos que ele era morador de rua”, contou o capitão.

A Polícia Militar fez o isolamento do local até a chegada da perícia e do Instituto de Medicina Legal (IML), que fez a remoção do corpo. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi até o local e irá conduzir as investigações sobre o crime.

Região do Grande Dirceu estava há 23 dias sem registrar homicídios

A região do Grande Dirceu, zona sudeste de Teresina, estava há exatos 23 dias sem registrar homicídios, de acordo com a Polícia Militar do Piauí. O GP1 entrevistou o comandante do 8º Batalhão da PM-PI, major Wilton Sousa, responsável pelo policiamento ostensivo na área. Ele também informou que há mais de três anos não há ocorrências de roubos a instituições bancárias nos bairros onde atua o batalhão.

De acordo com o major Wilton, desde o último dia 12 de agosto não havia registro de homicídio na área do 8º batalhão. O oficial explica que isso se deve ao fato de ter se intensificado o policiamento ostensivo, com a utilização de mais viaturas e policiais.

NOTÍCIA RELACIONADA

Região do Grande Dirceu está há 22 dias sem homicídios, aponta PM