Lagoa do Piauí - PI

Morador denuncia falta de medicamentos na UBS de Lagoa do Piauí

Segundo o denunciante, que preferiu não se identificar, faltam medicamentos e material na Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

Wanessa Gommes
Teresina
Débora Dayllin
Teresina
17/05/2019 17h41 - atualizado 23/07/2019 15h35

O GP1 recebeu, nesta sexta-feira (17), denúncia contra a primeira-dama de Lagoa do Piauí e secretária de Saúde, Jeanne Neffertit, por irregularidades na Unidade Básica de Saúde (UBS) do município.

Segundo o denunciante, que preferiu não se identificar, faltam medicamentos e material na USB. “Faltam remédios como dipirona, material hospitalar, como esparadrapo, agulhas. A ambulância sem oxigênio, sem freio, porta não fecha corretamente, maca que não tem cinto. Um descaso total”, reclamou.

  • Foto: Facebbok/Jeanne NefertitJeanne NefertitJeanne Nefertit

Outro ponto relatado pelo morador é em relação à servidora pública efetiva, identificada como Ana Lúcia, auxiliar de serviços gerais, que já foi diretora da UBS. Segundo ele, a mesma é analfabeta. “Ela é comadre da primeira-dama. Ana Lúcia era lotada no Ginásio Poliesportivo, e a primeira-dama tirou ela de lá e botou como diretora da UBS, ela ficou um tempo lá, mas já saiu. Ana Lúcia é analfabeta”, afirmou.

“Isso não é politicagem não, eu sou um cidadão lagoense, que estou apenas denunciando o que está acontecendo”, declarou.

Além disso, o morador disse que Ana Lúcia não tem respeito pelos pacientes. “A Ana Lúcia entra nas salas onde os pacientes estão sendo atendidos e sai falando pra cidade tudo o que acontece, por exemplo, ela entra onde acontece o atendimento ginecológico e depois sai falando das partes íntimas das pacientes para a cidade toda. Assuntos restritos sempre são vazados por ela”, relatou.

“Ela é concursada como serviços gerais, mas não exerce, a função dela é só atrapalhar o trabalho dos funcionários na UBS”, declarou.

Outro lado

Procurada pelo GP1, na tarde desta sexta-feira (17), a secretária de Saúde, Jeanne Neffertit, informou que enviaria nota sobre o caso, o que não aconteceu até a publicação desta matéria.